Follow Delta News Hub on Twitter Follow Delta News Hub on Facebook Google+ Follow Delta News Hub on LinkedIn Email Delta News Hub

A Delta informou hoje seu desempenho operacional de setembro de 2017. A companhia aérea transportou 14,7 milhões de passageiros em sua ampla rede global durante o mês.

No mês de setembro, os furacões Irma e Maria afetaram as operações em todo o Caribe e no sudeste dos Estados Unidos. O furacão Irma afetou significativamente as operações com 2.200 voos cancelados de 7 a 12 de setembro nos aeroportos da Flórida, do Caribe e da Geórgia, incluindo o hub da empresa em Atlanta.

Durante o mês, a Delta tomou as seguintes medidas para ajudar os clientes afetados pelas tempestades:

  • Acrescentou 12 mil assentos saindo da Flórida e do Caribe para auxiliar os esforços de evacuação relacionados ao furacão Irma.
  • Limitou o valor da passagem de voos de e para as áreas atingidas pelos furacões antes, durante e depois da tempestade para itinerários de toda a área continental dos Estados Unidos.
  • Forneceu isenção na remarcação de voos para os clientes que transitavam pelos mais de 40 destinos onde os voos foram afetados pelos furacões, além da suspensão da cobrança de tarifas de bagagens e animais de estimação na cabine para clientes que viajavam de ou para as cidades afetadas.
  • Contribuiu com um adicional de US$ 1,75 milhão para as organizações Cruz Vermelha Americana, Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, e Cruz Vermelha Britânica, Holandesa e Francesa, em ajuda às vítimas dos furacões.

Em uma atualização aos investidores emitida nesta manhã, a Delta anunciou que espera uma margem operacional de 15,5% a 16,5%. O furacão Irma afetou negativamente os resultados em aproximadamente US$ 120 milhões, o que corresponde a cerca de 1 ponto da margem.

 

Português (Portuguese)
Follow Delta News Hub on Twitter Follow Delta News Hub on Facebook Google+ Follow Delta News Hub on LinkedIn Email Delta News Hub