Follow Delta News Hub on Twitter Follow Delta News Hub on Facebook Google+ Follow Delta News Hub on LinkedIn Email Delta News Hub

A Delta anunciou a primeira fase do programa de testes desenvolvido para aprimorar a experiência e o processo de embarque dos passageiros no saguão T do Aeroporto Internacional Hartsfield–Jackson em Atlanta.

Como parte deste projeto-piloto de três meses, os clientes terão os seguintes recursos ao passar pelos portões T1, T2 e T3:

  • Atendimentos móveis, com balcões modernos que ocupam menos espaço em comparação aos tradicionais balcões de embarque, liberando espaço para o embarque mais eficiente e com mais assentos para os clientes.
  • Dispositivos portáteis Nomad que permitem aos atendentes de embarque alterar assentos, verificar status de bagagens e outras atividades, conferindo maior movimentação dos agentes, eliminando a postura fixa atrás de um balcão tradicional.
  • Pilares de embarque que criam quatro filas paralelas, não só aumentando a organização no portão, como também fornecendo aos clientes um caminho rápido até o embarque, aprimorando o fluxo.
  • E-Gates, que permitem ao passageiro realizar sozinho seu embarque de maneira fácil e eficiente, por meio da leitura de dados a partir do smartphone ou cartão de embarque.

Ainda neste ano será realizada a segunda fase dos testes, com foco na maior mobilidade dos atendentes, experiência digital do cliente no portão e integração do embarque biométrico, com base nos testes que estão sendo realizados no aeroporto internacional Ronald Reagan, em Washington.

“Desenvolver e testas essas inovações fazem parte do nosso esforço contínuo de aprimorar o processo de embarque para os nossos clientes. Este projeto é um marco, pois nos permitirá entender o impacto coletivo de diversas inovações no embarque na experiência geral de viagem”, disse Gil West, diretor de Operações da Delta. “Esses desenvolvimentos também aceleram a cultura da hospitalidade, minimizando as barreiras entre os agentes e os clientes, gerando engajamentos ainda mais pessoais e serviço ao cliente excepcional”.

Estes aprimoramentos no embarque são os exemplos mais recentes dos investimentos em inovação feitos pela Delta. No último ano, a companhia aérea se manteve líder no setor em uma série de soluções ao cliente, como substituição de verificações de identidade por verificação via impressão digital, autoatendimento biométrico para o despacho de bagagens, gerenciamento de bagagens por RFID, rastreamento de bagagem em tempo real via aplicativo móvel Fly Delta, faixas de triagem automatizadas high-tech e mais eficientes e um aplicativo inovador que ajuda os pilotos da Delta a evitar turbulência, garantindo voos mais confortáveis.

De extrema importância para a estratégia de inovação, os feedbacks dos funcionários e clientes após os testes no aeroporto de Atlanta serão incorporados a esta nova experiência de embarque para aprimorar ainda mais o processo de embarque no local e em toda a rede da Delta.

Português (Portuguese)
Follow Delta News Hub on Twitter Follow Delta News Hub on Facebook Google+ Follow Delta News Hub on LinkedIn Email Delta News Hub