Cuidar dos clientes está no centro de tudo o que fazemos. É por isso que estamos facilitando ainda mais para os clientes cancelarem, alterarem ou remarcarem viagens afetadas pelo coronavírus.

A Delta está isentando do pagamento de taxas de alteração todas as viagens dentro dos Estados unidos, assim como as internacionais, com partida em março, abril ou maio de 2020. E se você comprou um bilhete entre 1º de março e 15 de abril, poderá ajustar sua viagem sem uma taxa de alteração por um ano a partir de data em que o comprou.

Se você não tiver certeza quanto ao futuro de sua de viagem, recomendamos o cancelamento do seu voo. Após o cancelamento, o valor da passagem se tornará um eCredit (crédito online) que você poderá usar para remarcar quando estiver pronto.

Viajando dentro dos Estados Unidos e no exterior até 31 de maio

  • Há isenção de todas as taxas de alteração para clientes que desejam modificar seus planos de viagens dentro dos Estados Unidos e em voos internacionais.
  • Se você estiver viajando para o mesmo destino, também poderá alterar seus planos sem diferença de tarifa para viagens iniciadas em 31 de maio. Para viagens de 1º de junho a 31 dezembro de 2020, a diferença de tarifa será aplicada.
  • Se você não tiver certeza sobre suas datas ou o destino da viagem, recomendamos que cancele seu bilhete e receba um crédito com o mesmo valor para usar em uma data futura.

Para termos e condições detalhados, visite esta página.

Aqui está o que mais você precisa saber:

  • Estamos estendendo qualquer bilhete Delta para viagens em março ou abril e com vencimento antes de 30 de junho de 2020, de modo a permitir viagens até 31 de dezembro de 2020. Você pode remarcar e voar com esses bilhetes até o final deste ano.
  • Congelamos as tarifas em todas as cabines de e para todos os destinos em que voamos nos Estados Unidos e Canadá até 30 de abril.

Para mais informações, visite delta.com.

Related Topics:
Share