A Delta informou hoje um declínio em suas receitas unitárias no mês de setembro, em meio a um sólido desempenho operacional e redução em seus níveis de capacidade para o outono norte-americano.

O PRASM consolidado (receita de passageiros por assento-milha disponível) teve uma queda de 3% no mês em comparação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com o comunicado à imprensa da Delta. A companhia aérea atribuiu o declínio a um desequilíbrio contínuo entre oferta e procura no mercado transatlântico e questões relacionadas aos ganhos de hedge sobre o iene do último ano durante o mês de setembro. A companhia aérea disse que as pressões de rendimentos domésticos foram atenuadas em setembro com a implementação da programação para o outono norte-americano.

O fator de conclusão da linha principal – porcentagem de voos que não foram cancelados – foi de 99,9% durante o mês, com dados preliminares mostrando que 90,2% destes voos foram pontuais em setembro.

Related Topics:
Share