A Delta Air Lines anunciou que Fabio Camargo, diretor para o Brasil, partirá da empresa nas próximas semanas. Rodrigo Sienra, gerente geral de vendas da Delta no Brasil, está assumindo a liderança dos esforços comerciais da Delta neste importante mercado. Ele se reportará a Luciano Macagno, Diretor Executivo - América Latina, Caribe e Sul da Flórida da Delta Air Lines.

“Agradecemos ao Fabio por sua dedicação, paixão e contribuição ao longo de seus mais de três anos liderando a equipe Delta no Brasil”, disse Macagno. “Fabio ajudou a Delta a fortalecer sua posição de liderança na maior economia da América do Sul, incluindo durante a pandemia de COVID-19, e ele deixou uma equipe forte que continuará a restaurar e expandir os negócios e as relações com nossos parceiros. Desejamos a Fabio muita sorte em seus empreendimentos futuros”.

Entre outras responsabilidades, Rodrigo Sienra supervisionará os relacionamentos já fortes da Delta com a comunidade do trade de viagens. Ele ingressou na Delta em setembro de 2014 e, em março de 2018, foi nomeado gerente geral de vendas. Ele é graduado em marketing (ESPM), possui certificados de especialista em economia (PUC-SP) e inteligência de mercado (FIA) e possui MBAs pela Emlyon Business School e FIA.

“Rodrigo conhece a Delta e o negócio muito bem e tem feito um excelente trabalho de apoio à retomada dos serviços da companhia entre Atlanta e São Paulo. Estamos entusiasmados em recebê-lo nesta função importante, já que a Delta continua a restabelecer o serviço entre os EUA e o Brasil”, disse Macagno.

Depois de interromper o serviço para o Brasil devido à pandemia da COVID-19, a Delta retomou em agosto o serviço entre o Aeroporto Internacional Hartsfield Jackson (ATL) de Atlanta, nos EUA, e o Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU). Os voos entre Atlanta e São Paulo vão operar diariamente a partir de 17 de dezembro de 2020. Os serviços nas rotas entre Nova York-JFK e São Paulo e Atlanta e Rio de Janeiro estão programados para retomada no primeiro trimestre de 2021.

A programação de voos da Delta continua sujeita a alterações devido à natureza em evolução da COVID-19, à demanda dos clientes e às regulamentações de viagens dos governos. Para obter mais informações sobre a resposta da Delta à COVID-19, visite o delta.com.

Share