Delta anuncia os números consolidados de finanças e performance
operacional de julho de 2012

ATLANTA, 03 de agosto de 2012 – A Delta Air Lines (NYSE: DAL) divulga relatório de faturamento e desempenho operacional sólido para julho de 2012.

A empresa teve aumento na sua receita unitária consolidada por passageiro (PRASM) na casa dos 4,5 por cento em comparação com o mesmo período do ano passado. Os bons resultados se devem ao melhor desempenho na região do  Pacífico, além dos esforços da empresa ao investir em produtos e serviços, capacidade e eficiência, bem como a sua expansão no aeroporto de LaGuardia em Nova York.

A taxa de ocupação teve aumento de 0,2 por cento no comparativo com 2011, entretanto houve redução de 3,1 por cento na capacidade.

O valor do combustível para a companhia no mês foi de US$ 3,15 por galão. 

A forte performance operacional da Delta se manteve durante o mês. A taxa de chegada pontual foi de 99,5 por cento, 0,4 por cento superior ao ano anterior, e a pontualidade chegou aos 80 por cento. A performance financeira e operacional da empresa segue detalhada abaixo.

Resultados financeiros e operacionais preliminares – Julho de 2012 

PRASM consolidado ano a ano

4.5%

Média consolidada do preço de combustível

$3.15

Desempenho em tempo (DOT A14 preliminar)

80.0%

Mainline completion factor

99.5%

Nota: O preço do combustível inclui taxas, transporte, operações de hedge liquidadas, prêmios de hedge, mas exclui marcas para os ajustes do mercado de coberturas abertas.

Sobre a Delta

A Delta Air Lines está trabalhando para se tornar a melhor companhia aérea americana na América Latina e no Caribe. Como parte deste objetivo a Delta estabeleceu uma parceria de longo prazo com a GOL Linhas Aereas Inteligentes, investindo mais de US$100 milhões na companhia.  A Delta também investiu mais de US$65 milhões na Aeroméxico como parte da aliança de longo prazo e estabeleceu um code share com a  Aerolíneas Argentinas, solidificando sua marca na América Latina. Os serviços da Delta estão baseados no Hartsfield-Jackson Aeroporto Internacional de Atlanta, de onde voa para 32 países e 54 destinos na região, oferecendo mais de 1.000 voos semanais entre a América Latina e os Estados Unidos. Passageiros da região já contam com assistência em português e espanhol pelo Twitter @DeltaAjuda e @DeltaAssist_ES provendo atendimento em tempo real das 9h00 às 22h00.

A Delta Air Lines serve a mais de 160 milhões de passageiros por ano. No ano passado, a Delta foi nomeada pelos leitores da revista Travel Weekly como a “Companhia Aérea do Ano” de voos domésticos e considerada pela revista PC World como a “Companhia Aérea Líder no Uso de Tecnologias” e ainda ganhou como a melhor na Pesquisa Anual da Business Travel News. Líderes de uma rede mundial, a Delta e a Delta Connection oferecem serviços para 330 destinos em 61 países em seis continentes. Com escritório principal em Atlanta, a Delta emprega mais de 80.000 pessoas no mundo e opera uma frota com mais de 700 aeronaves. Membro fundador da aliança global SkyTeam, a Delta participa da aliança transatlântica líder da indústria com a Air France-KLM e Alitalia. Incluindo seus parceiros mundiais, a Delta oferece aos seus clientes mais de 13.000 voos diários, com hubs em Amsterdã, Atlanta, Cincinnati, Detroit, Memphis, Minneapolis-St.Paul, New York-JFK, Paris-Charles de Gaulle, Salt Lake City e Tóquio-Narita. O serviço da companhia aérea inclui o SkyMiles, maior programa de fidelidade de companhia aérea do mundo; o premiado serviço BusinessElite; e mais de 50 Delta Sky Clubs em aeroportos no mundo. A Delta está investindo mais de US$ 3 bilhões até 2013 em aeroportos e produtos, serviços e tecnologia para aprimorar a experiência do cliente no céu e na terra. Clientes podem checar informações sobre voos, passagem aérea, bagagens e revisar status de voo no site delta.com.

 


Nota Final – Resultados Incluem companhias aéreas parceiras


Reajuste de medidas financeiras GAAP para não-GAAP
Julho de 2012


Às vezes a Delta usa informações que é derivada de suas Declarações Financeiras Consolidadas, mas ela não é apresentada em conformidade com os princípios contábeis geralmente aceitos nos Estados Unidos (“GAAP”). Algumas dessas informações são consideradas “não-GAAP” segundo as regras da U.S. Securities e Exchange Commission. As medidas financeiras não-GAAP devem ser consideradas adicionais aos resultados preparados de acordo com o GAAP, mas não devem ser consideradas como substitutas ou superiores aos resultados GAAP.

  • Os ajustes da Delta para ‘marcar a mercado’ ("MTM") dos ajustes para hedges de combustível registrados em períodos diferentes do período de liquidação  para avaliar os resultados financeiros da empresa no período indicado.

 

 

Julho 2012
(preliminar)

Preço médio por galão de combustível, incluindo gastos de combustível efetuados 
com acordos contratuais de transporte

$2,50

Ajustes MTM

0,65

Preço médio por galão, ajustado

$3,15

 

 

Related Topics:
Share