ATLANTA, 16 de outubro de 2014 - A Delta Air Lines (NYSE: DAL) anuncia hoje os resultados financeiros para o terceiro trimestre de 2014. Os principais destaques incluem:

- O lucro da Delta no trimestre encerrado em setembro, antes do pagamento das obrigações tributárias, foi de US$ 1,6 bilhão, excluindo itens especiais¹, resultado que supera em US$ 431 milhões o alcançado no mesmo período do ano passado. O lucro líquido da Delta para o terceiro trimestre de 2014 foi de US$ 1.0 bilhão, ou US$ 1,20 diluídos por ação, e a margem operacional foi de 15,8 por cento, excluindo Itens especiais¹.

- Em uma base GAAP, incluindo itens especiais, a Delta teve o lucro prévio ao pagamento de taxas na casa dos US$ 579 milhões, a margem operacional foi de 7,5 por cento e o lucro líquido foi de US$ 357 milhões, ou US$ 0,42 diluídos, por ação.

- Os resultados incluem US$ 384 milhões em participação nos lucros, distribuídos entre os funcionários da Delta em reconhecimento aos seus esforços na busca das metas financeiras da companhia. Até o momento, os valores distribuídos nas participações, no ano, alcançaram o montante de US$ 823 milhões.

- A Delta gerou US$ 910 milhões em fluxo livre de caixa durante o terceiro trimestre de 2014. A empresa usou os fortes ganhos de caixa registrados no período para reduzir sua dívida líquida ajustada para US$ 7,4 bilhões e devolver US$ 325 milhões para os acionistas através de dividendos e recompra de ações.

"Com o registro de mais um recorde de lucro, a expansão de margem sólida e quase US$ 1 bilhão em fluxo de caixa livre, os resultados da Delta são consistentes e certificados com alta qualidade certificada pela S&P 500 Industrials", disse Richard Anderson, CEO da Delta. "Enquanto encaramos mais trabalho pela frente para alcançar nossos objetivos financeiros de longo prazo, esperamos que o último trimestre de 2014 também bata recordes, com uma margem operacional entre 10 e 12%. Para o ano, esperamos um lucro, prévio ao pagamento de impostos, superior a US$ 4 bilhões. Temos um firme alicerce para um 2015 ainda mais forte, as estratégias comprovadamente eficientes da Delta, e os nossos 80 mil funcionários, que são os melhores na indústria”.

Receita de ambiente

A receita operacional da Delta teve crescimento de 7 por cento, ou US$ 688 milhões, no comparativo com o terceiro trimestre de 2014, resultante da força contínua nas receitas corporativas e domésticas. Tráfego aumentou em 3,7 por cento e houve aumento de capacidade na casa dos 3,2 por cento.

· A receita de passageiros cresceu 6 por cento, ou US$ 522 milhões, no comparativo com o mesmo período do ano anterior. A receita unitária por passageiro (PRASM) cresceu 2,4 por cento e a produção da empresa cresceu 1,9 por cento. Produtos relacionados com assentos e outras iniciativas de merchandising aumentaram as receitas em US$ 50 milhões em relação ao mesmo período do ano anterior.

· A receita de cargas cresceu 7 por cento, ou US$ 15 milhões, gerada por grandes fretamento e volumes

· Outras receitas tiveram aumento de 15 por cento, ou US$ 151 milhões, devido movimentos de joint-venture e lucros do programa SkyMiles

As comparações de receitas, relacionadas com as estatísticas, são as seguintes:

 

 

 

 

Crescimento (Redução)

 

 

 

 

 

3T14 X 3T13

 

 

 

 

 

 

Variação

Receita

 

 

 

Receita de Passageiros

3T14 ($M)

 

AaA

Unitária

Rendimento

Capacidade

 

 

Doméstico

4,599

 

11.6 %

7.2 %

4.7 %

4.1 %

 

 

Atlântico

1,924

 

3.9 %

0.2 %

3.3 %

3.7 %

 

 

Pacífico

1,016

 

(2.8) %

(2.2) %

(1.3) %

(0.5) %

 

 

América Latina

605

 

10.3 %

(5.1) %

(3.2) %

16.2 %

 

 

Total

8,144

 

7.6 %

3.2 %

3.0 %

4.3 %

 

 

Regional

1,632

 

(3.3) %

2.1 %

(0.3) %

(5.3) %

 

 

Consolidado

9,776

 

5.6 %

2.4 %

1.9 %

3.2 %

"Para o trimestre que se encerra em dezembro, o ambiente geral de receita continua sólido, com expectativa de aumento entre 0 e 2%, e estamos no caminho certo para produzir mais um trimestre de bom crescimento das receitas, expansão de margem e fluxo de caixa livre", disse Ed Bastian, presidente da Delta. "Olhando para o futuro, nossa rede internacional oferece a maior oportunidade de melhoria de margem, como nós aceleramos nossa reestruturação da rede no Pacífico, recalibramos nossos níveis transatlânticos de capacidade, e colhemos os benefícios de nossos investimentos em nossa rede Latina”.

Performance de custos

O custo unitário consolidado, excluindo as despesas com combustível, participação nos lucros e itens especiais (CASM-EX²), teve aumento de 0,3 por cento em comparação com o mesmo período no ano passado, isto impulsionado pelas mudanças de frota e outros custos relacionados aos investimentos em pessoal, produtos e operações.

"O trimestre encerrado em setembro marca o quinto trimestre consecutivo com custos não relacionados a combustíveis com crescimento inferior a 2 por cento, uma prova de que nossas iniciativas de custo estão entregando bons resultados”", disse Paul Jacobson, diretor financeiro da Delta. "Para o trimestre encerrado em dezembro, esperamos permanecer novamente com nossa meta de longo prazo de manter o crescimento custo unitário abaixo dos 2 por cento."

Excluindo itens especiais, a despesa operacional total no trimestre cresceu US$ 320 milhões no comparativo ano-a-ano, no mesmo período, pelo aumento de receitas e despesas relativas ao volume e outros US$ 135 milhões de aumento nas despesas com participação nos lucros. Estes aumentos de custos foram parcialmente compensados ​​por despesas de combustível e redução de custos, frutos de iniciativas da Delta.

Excluindo os ajustes de marcação a mercado, despesas com combustível diminuíram em US$ 23 milhões, impulsionado por preços mais baixos do mercado e os lucros mais elevados das refinarias. O preço médio de combustível da Delta foi de US $ 2,90 por galão, para o trimestre de setembro, o que inclui US$ 63 milhões em ganhos de hedge liquidados. As operações na refinaria produziram lucro de US$ 19 milhões para o terceiro trimestre, uma melhora de US$ 16 milhões no comparativo com o ano passado.

Despesas não operacionais sofreram redução de US$ 63 milhões, excluindo itens especiais, como resultado da menor despesa com juros e do aumento da contribuição na casa dos US$ 23 milhões associados com 49 por cento de participação acionária da Delta na Virgin Atlantic.

Despesas com impostos, excluindo itens especiais, aumentaram US$ 629 milhões em comparação com o memso trimestre do ano anterior, com a empresa compreendendo as despesas fiscais, para fins de demonstrações contábeis, após a reversão de sua avaliação na provisão de impostos no final de 2013, as perdas operacionais líquidas da Delta de mais de US$ 13 milhões em impostos de caixa largamente compensados ​​devido sobre os ganhos futuros.

Em uma base GAAP, o CASM consolidado aumentou 12 por cento e a despesa operacional total foi de US$ 1,4 bilhão dólares americanos em comparação com o terceiro trimestre de 2013, principalmente devido aos itens especiais associadas à reestruturação da frota e ajustes de combustível ao mercado, que se estabelecem em períodos futuros. O GAAP das despesas com combustível aumentou US$ 609 milhões no comparativo ano-ano, impulsionado principalmente pelo desempenho de hedge, incluindo ajustes de marcação a mercado. O custo do combustível por galão GAAP para o trimestre foi de US$ 3.23. As despesas não-operacionais no trimestre aumentaram US$ 56 milhões como resultado de inténs especiais na casa dos US$ 134 milhões com a extinção de dívidas resultantes de iniciativas de redução no montante, pela Delta. Em uma base GAAP, a despesa com impostos foi de US$ 222 milhões, no trimestre.

Fluxo de Caixa

O caixa formado pelas operações durante o trimestre encerrado em setembro foi de US$ 1,3 bilhão, resultado dos lucros obtidos no período e pelas compras antecipadas de passagens. A empresa gerou US$ 910 milhões de fluxo de caixa livre. Despesas de capital ajustadas durante o terceiro trimestre de 2014 alcançaram US$ 411 milhões, incluindo US$ 322 milhões em investimentos na frota. Durante o trimestre, os vencimentos de dívida líquida da Delta e arrendamentos de capital totalizaram US$ 301 milhões. Em uma base GAAP, o caixa de operações para o trimestre foi US$ 1,4 bilhão e os investimentos foram de US$ 457 milhões.

Com a sua forte geração de caixa no terceiro trimestre de 2014, a empresa devolveu US$ 325 milhões aos acionistas por meio US$ 75 milhões em dividendos, em dinheiro, e outros US$ 250 milhões em recompra de ações. Durante os primeiros nove meses de 2014, a empresa reverteu um total de US$ 776 milhões para os acionistas, incluindo US$ 176 milhões em dividendos trimestrais e outros US$ 600 milhões em recompra de ações.

A Delta encerrou o trimestre com US$ 6,4 bilhões de liquidez irrestrita e dívida líquida ajustada de US$ 7,4 bilhões. A empresa já atingiu quase US$ 10 bilhões em redução da dívida líquida desde 2009.

"A forte geração de caixa operacional da Delta, combinada com o nosso gasto de capital disciplinado, resultou em US$ 2,8 bilhões em fluxo de caixa livre até agora, neste ano. Temos utilizado este fluxo de caixa para reduzir nossos níveis de dívida líquida em US$ 2,0 bilhões, no financiamento de contribuições superiores a US$ 250 milhões e nos nossos planos de pensão, além de devolver mais de US$ 775 milhões para nossos investidores por meio de dividendos e recompras de ações já este ano”. Jacobson continuou, "com mais um trimestre sólido de geração de fluxo de caixa livre à frente, estamos no caminho certo para produzir cerca de US$ 3,5 bilhões em fluxo de caixa livre para 2014"

Orientações para o quarto trimestre de 2014

A projeções da Delta para o quarto trimestre de 2014 seguem abaixo:

 
Previsão 4T 2014 
 
 
Margem Operacional
10-12%
Preço dos combustíveis, incluindo taxas, limites de operações liquidadas e impacto na refinaria 
$2,69 – $2,74 
 
 
 
4T2014 Previsão (comparada com 4T2013)
 
 
Custos Unitários Consolidados – Excluindo despesas de combustível e participação nos lucros
 
Despesas com participação nos lucros
 
Despesas não operacionais
Alta de 0-2%
 
 
 
200-250 milhões
 
175-200 milhões
 
 
Capacidade do Sistema
Alta de ~3 %
 
 
 
 

Itens especiais

A Delta registrou itens especiais totalizando custos de US$ 657 milhões no terceiro trimestre de 2014, incluindo:

- US$ 397 milhões associados à reestruturação da frota doméstica da Delta, principalmente com a decisão de acelerar a reforma da frota de aeronaves 747 da Delta, como parte de sua reestruturação rede Pacífico;

• US$ 215 milhões para ajustes de marcação a mercado de hedges de combustível que se estabelecem em períodos futuros;

• US$ 87 milhões dólares para a extinção da dívida e outros itens, principalmente associada com a iniciativa de redução da dívida da Delta; e

• Ganhos de 42 milhões dólares relacionados a um acordo judicial.

A Delta registrou US$ 157 milhões em itens especiais com ganho líquido no terceiro trimestre o de 2013, incluindo:

• Ganhos de US$ 285 milhões para ajustes de marcação a mercado de hedges de combustível que se estabelecem em períodos futuros; e

• Custos de US$ 128 milhões para instalações, frota e outros itens, principalmente associados com a reestruturação da frota doméstica da Delta.

Sobre a Delta Air Lines

A Delta está trabalhando para se tornar a melhor companhia aérea dos EUA na América Latina e no Caribe. Suas conquistas foram reconhecidas na forma de duas grandes premiações recebidas na edição 2014 do Latin Trade’s Best of Travel Annual Awards, nas categorias “Melhores Melhorias Gerais” e “Melhores Parcerias e Alianças”, além de ter sido a única empresa norte-americana presente nos rankings deste ano. A Delta também foi agraciada com o título de ‘Melhor Companhia Aérea para a América do Norte ”, no Prêmio Destaque Companhia de Viagem, concedido pelo Grupo Companhia. A Delta prossegue seu processo de crescimento na América Latina ao estabelecer uma aliança de longo prazo exclusiva com a GOL Linhas Aéreas Inteligentes , Aeroméxico e a Aerolíneas Argentinas , e está comprometida em construir uma forte presença regional e melhorar a sua rede global e aprimorando a  experiência dos seus clientes. A Delta disponibiliza serviços para 27 países e 46 destinos na região, oferecendo acima de 1.200 voos semanais entre a América Latina/Caribe e os EUA. Delta oferece aos seus clientes assistência em tempo real, em espanhol e português, pelo Twitter @ DeltaAssist_ES e @ DeltaAjuda das 9h00 às 19h00. Aos clientes brasileiros, a Delta criou uma página no Facebook que pode ser acessada pelo link: http://www.facebook.com/DeltaAirLinesBrasil .

A Delta Air Lines serve a mais de 165 milhões de passageiros por ano. Este ano, a Delta foi nomeada como a Companhia Aérea do Ano em pesquisa realizada pela revista Air Transport World e foi incluído no top 50 da edição 2014 da “Lista de Empresas Mais Admiradas do Mundo” da revista Fortune, bem foi nomeada a companhia aérea mais admirada pela terceira vez em quatro anos. A Delta e as linhas que compõem a Delta Connection oferecem serviços para 318 destinos, em 57 países, em seis continentes. Com sede em Atlanta, a Delta emprega mais de 80.000 pessoas no mundo e opera uma frota com mais de 700 aeronaves. Membro fundador da aliança global SkyTeam , a Delta participa da aliança transatlântica líder da indústria com a Air France-KLM e Alitalia . Incluindo seus parceiros mundiais, a Delta oferece aos seus clientes mais de 15.000 voos diários, com importastes hubs e mercados incluindo Amsterdam , Atlanta , Boston, Detroit , Los Angeles , Minneapolis-St. Paul , Nova York-JFK , Nova York-LaGuardia , Paris-Charles de Gaulle , Salt Lake City , Seattle e Tokio-Narita . A Delta está investindo bilhões de dólares em aeroportos e produtos, serviços e tecnologia para aprimorar a experiência de viagem de seus clientes no céu e em solo. Mais informações estão disponíveis no site delta.com , no Twitter @Delta , em Google.com/+Delta , em facebook.com/delta e em blog do Delta takingoff.delta.com .

 Notas finais

(1) para as demonstrações consolidadas de operações, se fornece uma reconciliação de medidas financeiras não-GAAP usadas neste comunicado e fornece razões para usar essas medidas.

(2) CASM - Ex: Em adição aos custos de combustível, a Delta exclui empresas dos custos unitários consolidados auxiliares, que não estão relacionads com a geração de um quilômetro percorrido, incluindo serviços de manutenção de aeronaves e de pessoal que a Delta fornece a terceiros e em operações de férias da Delta (MLT). Do montante excluído, onde US$ 193 milhões e US$ 165 milhões para o segundo trimestre do ano corrente e anterior, e US$ 377 milhões e US$ 350 milhões para os seis meses encerrados em 30 de junho de 2014 e 2013, respectivamente. A administração acredita que esta metodologia oferece dados mais consistentes e melhor comparáveis, em reflexo às atividades operacionais consolidadas da Delta

Declarações prospectivas                                 

As declarações contidas nesta atualização ao investidor não são fatos históricos, incluindo declarações sobre as nossas estimativas, expectativas, crenças, intenções ou estratégias, projeções para o futuro, podem ser "declarações prospectivas", conforme definido na Lei de Reforma de Litígio de Títulos de 1995. Todas as declarações prospectivas envolvem uma série de riscos e incertezas que podem causar resultados reais diferentes materialmente das estimativas, expectativas, crenças, intenções, projeções e estratégias refletidas ou sugeridas pelas declarações prospectivas. Estes riscos e incertezas incluem, mas não estão limitados, ao custo do combustível de aviação, o impacto da postagem garantia em conexão com os nossos contratos de hedge de combustível, o impacto das obrigações de financiamento significativos no que diz respeito aos planos de pensão de benefício definido, o impacto que o nosso endividamento podem ter sobre nossas atividades financeiras e operacionais e nossa capacidade de incorrer em dívida adicional; as restrições financeiras em nossos contratos de financiamento terão sobre nossas operações financeiras e de negócios, questões trabalhistas; interrupções ou interrupções no serviço em um dos aeroportos de nosso hub, a nossa crescente dependência de tecnologia em nossas operações, a capacidade de nossos processadores de cartão de crédito para tirar retenções significativas em determinadas circunstâncias, os possíveis efeitos de acidentes envolvendo nossas aeronaves, e os efeitos do clima, desastres naturais e da sazonalidade sobre o nosso negócio, os efeitos de uma prolongada interrupção nos serviços prestados pelas transportadoras de terceiros regionais, a nossa capacidade de reter empregados de gestão e chave; condições de concorrência no setor aéreo, os efeitos da rápida propagação de doenças contagiosas, e os efeitos de ataques terroristas.

Related Topics:
Share