Por 241 dias do ano passado, a Delta não cancelou um voo principal no mundo todo, aumentando em 80 dias seu próprio recorde de 2016. Outros dados inéditos: o recorde de 2016 foi o dobro da marca da empresa de 2014 e o triplo dos dias sem cancelamento de voos de 2013.

Em um ano marcado por muitas melhorias na experiência do cliente, novas aeronaves, novos destinos, recorde no pagamento de dividendos e recorde de lucros da empresa, poucos aspectos são tão notáveis e impressionantes como a confiabilidade operacional inigualável da Delta.

Em 2016, a Delta apresentou o melhor desempenho de seu setor, entre todas as empresas aéreas que reportam ao DOT (Departamento de Transporte dos Estados Unidos), fechou o ano com 99,6% de “fator de conclusão” (porcentagem de voos sem atraso). A empresa também encerrou 2016 com o desempenho de pontualidade de 86,3% em sua operação de voos principais e 84,7% na operação regional Delta Connection incluindo seis empresas aéreas.1

Incluindo a Delta Connection, a empresa aérea teve 81 “Brand Days” (dias sem cancelamento da Delta ou das empresas áreas regionais parceiras da Delta), superando a marca do ano passado de 11 dias, que também foi um recorde naquele ano.2 A Delta e a Delta Connection operaram juntas 1,9 milhão de voos principais e transportaram 180 milhões de passageiros em 366 dias.

“O pessoal da Delta fornece confiabilidade operacional muito acima da concorrência, e isso é absolutamente memorável”, disse Gil West, Vice-Presidente Executivo Sênior e Diretor de Operações. “A dedicação imensurável de todos garante aos nossos clientes a tranquilidade de entrar em uma aeronave Delta e saber que chegarão a seu destino com segurança e sem problemas como outras linhas aéreas.”

A forte confiabilidade operacional da empresa aérea foi destacada nos resultados de desempenho anuais do OAG - Official Airline Guide (Guia Oficial de Empresas Aéreas) de 2016, com base no próprio relatório da empresa.

Sem contar na estatística os cancelamentos causados por condições climáticas adversas, controle de tráfego aéreo, problemas geopolíticos e outros fatores fora do controle da Delta, os profissionais de operações técnicas da empresa chegaram a um outro recorde do setor: 302 dias de voos sem cancelamento relacionado à manutenção.1

Essas medições operacionais mostram o alto desempenho da empresa, mesmo com os obstáculos encontrados. Em março, ataques terroristas no Aeroporto Nacional de Bruxelas e em outros lugares da capital da Bélgica mataram 32 pessoas e feriram centenas. O ataque causou a suspensão do voo da Delta que sairia de Atlanta em direção a Bruxelas. Cinco meses depois, em agosto, a operação da Delta foi afetada por uma falha tecnológica que causou cancelamentos e atrasos no sistema, mas ainda assim a empresa aérea ficou 21 dias daquele mês sem um cancelamento de voo principal e teve uma sequência de 10 dias com pontualidade de 91% ou mais durante um dos meses do ano com mais viagens.

O furacão Matthew, um dos mais fortes a atingir a Flórida e os estados da costa sul dos Estados Unidos, também cancelou voos, mas novamente a Delta apresentou alto desempenho de pontualidade e fator de conclusão, com uma sequência de 31 dias sem cancelamento de voos principais, de 10 de outubro a 13 de novembro.

[1] Com base no relatório de dados estatísticos internos da Delta incluindo todos os voos principais operados pela Delta realizados entre 1º de janeiro de 2016 e 31 de dezembro de 2016.

[2] Com base no relatório de dados estatísticos internos da Delta de todos os voos principais da Delta e regionais da Delta Connection realizados entre 1º de janeiro de 2016 e 31 de dezembro de 2016.

[3] Com base nos dados estatísticos de outubro a dezembro de 2016 do relatório do DOT Air Travel Consumer. O fator de conclusão é baseado no número de voos principais domésticos sem atraso, comparado a todas as empresas aéreas que reportam ao DOT.

 

Share