À medida que a demanda continua a crescer para movimentar bens essenciais em todo o mundo durante a pandemia da COVID-19, a Delta deve aumentar sua capacidade de carga utilizando como áreas de armazenamento a cabine de passageiros.

A Delta recebeu aprovação da Administração Federal de Aviação para utilizar o espaço no compartimento superior das aeronaves de grande porte para transportar carga. Essa iniciativa permite que a companhia maximize a capacidade em seus fretamentos contendo apenas carga para atender melhor a demanda dos clientes.

Esses voos, usando aeronaves que, de outra forma, estariam estacionadas, mantêm abertas as linhas vitais da cadeia de suprimentos durante a pandemia global.

"Agradecemos à FAA por sua cooperação em permitir que aumentemos nossa capacidade de carga", disse Shawn Cole, Vice-Presidente da Delta Cargo. "Realmente esse foi um esforço conjunto de toda a nossa empresa e nos permitirá utilizar o espaço do compartimento de bagagem de mão para levar ainda mais equipamentos médicos e de proteção vitais em cada voo para ajudar nos esforços de combate à pandemia da COVID-19".

No início deste mês de abril, a Delta começou a operar serviços somente de carga para transportar com segurança e rapidez bens essenciais e suprimentos médicos, entre outros itens.

A Delta continuará a explorar soluções para transportar apenas carga, incluindo opções que permitam levar mais mercadorias na cabine de passageiros, seja utilizando e removendo assentos.

Para obter mais informações, entre em contato com [email protected], ligue para 1-800-352-2746 ou envie uma solicitação de voo charter diretamente através deste formulário.

Related Topics:
Share