Há oitenta anos neste mês de janeiro, um primeiro oficial da Delta saiu do banco direito de um Lockheed Electra para 10 passageiros e serviu aos clientes a bordo a primeira refeição da companhia aérea, um sanduíche e um café. 

delta_meal_service_lockheed10electra_0.jpg

Atualmente, a companhia aérea global serve a mais de 45 milhões de refeições por ano, para não mencionar mais de 235 milhões de pacotes de amendoins, pretzels ou os famosos biscoitos Biscoff, acompanhados por 82 milhões de xícaras de café Starbucks.

"Estamos animados pelo progresso que fizemos desde que a Delta começou a servir refeições a bordo", disse Allison Ausband, vice-presidente sênior de Serviços de Bordo da Delta." A combinação das nossas opções culinárias disponíveis para os clientes é apenas uma das maneiras pelas quais estamos melhorando a experiência geral do cliente."

Desde a década de 1940, a Delta oferece aperitivos cortesia a bordo para os clientes, começando com amendoins e mais tarde adicionando pretzels e os biscoitos Biscoff no final de 1980 e início de 1990.

Enquanto os clientes viram uma grande quantidade de mudanças desde o início, uma das inovações mais significativas aconteceu nos últimos anos, quando a Delta iniciou parcerias com chefs talentosos como Linton Hopkins, de Atlanta, cujo foco em trazer refeições saudáveis, sazonais e produzidas com ingredientes locais para a classe Delta One mudou completamente o foco em torno de refeições servidas a bordo de aviões.

Por meio da sua rede, os chefs consultores da Delta como Hopkins, Michelle Bernstein, Michael Chiarello e chefs selecionados do Union Square Hospitality Group de Danny Meyer, criaram cardápios criativos utilizando, sempre que possível, ingredientes produzidos por fornecedores locais e artesanais. Recentemente, Danny Meyer foi classificado em primeiro lugar como a pessoa mais poderosa do setor de serviços alimentares na lista The Power 2016 da publicação Nation’s Restaurant News.

ravioli.jpg
A Delta também deu um passo líder de indústria incorporando sazonalidade em seus cardápios para assegurar que as refeições de bordo tenham vegetais frescos, colhidos no auge de seu sabor, trazendo a fazenda para as mesas do avião.

Além disso, a Delta fez uma parceria com a Master Sommelier Andrea Robinson para criar um sólido programa de vinhos que incorpora também a abordagem sazonal para harmonizar perfeitamente com os menus da cabine Delta One. Hoje, a Delta serve aproximadamente 2,5 milhões de garrafas de vinho e champanhe anualmente em suas cabines premium.

Os pratos na cabine First Class da Delta em voos por toda a América do Norte seguem a mesma trajetória, enquanto a companhia continua a oferecer aos clientes uma variedade de opções a bordo.

Para os clientes na Main Cabin, a Delta fez uma parceria com a fabricante de alimentos frescos, Luvo, para criar uma linha de wraps e lanches com o objetivo de oferecer opções saudáveis para o menu EATS da Delta. A parceria, em parte, fez com que o The Detective Diet elogiasse a Delta por sua iniciativa de refeições saudáveis, fornecendo notas altas à companhia aérea em seu último relatório anual.

Sendo uma companhia aérea global, a Delta adotou uma filosofia local e regional em todos os seus menus incluindo aqueles criados em diferentes partes do mundo. A companhia aérea associou-se com suas equipes de vendas na Europa, Oriente Médio e África, América Latina e Ásia-Pacífico, para incorporar alimentos e bebidas conhecidas dos clientes globais da Delta.

A Delta oferece pratos regionais de várias regiões, incluindo a Espanha, Itália e Alemanha para seus clientes europeus.

Na América Latina, os clientes podem desfrutar de pratos locais, tais como alfajores da Argentina, Inca Cola do Peru e Guaraná do Brasil. A novidade deste ano é que os clientes que viajam entre os Estados Unidos e a América do Sul também terão a oportunidade de experimentar uma seleção de vinhos premium selecionados pela Sommelier da Delta, entre os quais destacam vinícolas da América do Sul.

A Delta também fez uma parceria com chefs locais na Ásia para criar pratos coreanos, japoneses e chineses originais que os clientes desfrutam acompanhados por cervejas e bebidas locais. A experiência do cliente tem sido elevada nestas regiões destacando a influência local, proporcionando hashi (pauzinhos) para as respectivas regiões, de aço inoxidável para a Coreia, laca para a China e madeira para o Japão.

Não deixando faltar um detalhe, a Delta em 2014 tornou-se uma das primeiras companhias aéreas a trabalhar com cervejarias artesanais em todo os Estados Unidos, servindo uma seleção de cervejas de marcas conhecidas regionalmente. E no final de 2015, a publicação TravelPulse nomeou a Delta a companhia aérea americana com a melhor seleção de cervejas, de acordo com o site de avaliações de cervejas, Beer Advocate.

"Estamos à frente de um renascimento na experiência culinária de bordo", disse Ausband. "As opções saudáveis da Delta e nosso compromisso em fornecer aos clientes comida de verdade feita a partir de ingredientes reais e saborosos estão no centro da nossa estratégia de experiência do cliente. Estou ansiosa para os próximos 80 anos, enquanto continuamos a aprimorar a experiência culinária de bordo para os nossos clientes."

Share