Skip to main content

Delta News Hub Logo

  • A parceria reúne as principais companhias aéreas da América do Norte e América Latina, conectando de forma inédita as Américas ao mundo.
  • Juntas, a Delta e a LATAM ocuparão a posição de liderança em cinco dos seis principais mercados latino-americanos a partir dos EUA.
  • Juntos, os parceiros atenderão 435 destinos em todo o mundo e transportarão mais passageiros entre a América do Norte e a América Latina do que qualquer outra parceria.
  • Os clientes se beneficiarão de opções de viagens significativamente ampliadas nas Américas e de uma experiência do cliente líder do setor.

A Delta e a LATAM Airlines Group S.A. ("LATAM") anunciaram hoje (26) que firmaram uma parceria estratégica que pela primeira vez combina os pontos fortes das principais companhias aéreas da América do Norte e América Latina.

"Essa parceria transformadora com a LATAM reunirá nossas principais marcas globais, permitindo-nos oferecer o melhor serviço e confiabilidade para viajantes de, para e nas Américas", afirma Ed Bastian, CEO da Delta. "Nosso pessoal, clientes, proprietários e comunidades serão beneficiados por essa plataforma instigante para um crescimento futuro."

"Essa aliança com a Delta fortalece nossa empresa e aumenta nossa liderança na América Latina, fornecendo a melhor conectividade por meio de nossas redes de rotas altamente complementares", afirma Enrique Cueto Plaza, CEO da LATAM. "Estamos ansiosos para trabalhar ao lado de uma das melhores companhias aéreas do mundo para aprimorar a experiência de viagem de nossos passageiros".

A parceria estratégica abrirá novas oportunidades de crescimento, aproveitando a presença global da Delta e da LATAM e joint ventures em todo o mundo, incluindo a parceria existente da Delta com a Aeroméxico. Com suas redes complementares, a Delta, a LATAM e seus parceiros poderão oferecer acesso a uma variedade bastante ampliada de destinos em todo o mundo. Em conjunto, a parceria proporcionará maior comodidade ao cliente, uma experiência de viagem mais integrada e conectará melhor os clientes com o resto do mundo.

Detalhes adicionais da parceria incluem:

  • A Delta investirá US$ 1,9 bilhão em uma participação de 20% na LATAM por meio de uma oferta pública de aquisição de US$ 16 por ação, a ser financiada principalmente com uma dívida recém-emitida e caixa disponível.
  • A Delta também investirá US$ 350 milhões para apoiar a implantação da parceria estratégica.
  • A Delta adquirirá quatro aeronaves A350 da LATAM e concordou em assumir o compromisso da LATAM de comprar mais 10 aeronaves A350 a serem entregues a partir de 2020 até 2025, apoiando a transformação contínua da frota da Delta.
  • A Delta terá representação no Conselho de Administração da LATAM, fortalecendo ainda mais o relacionamento.
  • A oferta pública e a parceria estratégica estão sujeitas às condições habituais de fechamento e a todas as aprovações governamentais e regulamentares necessárias, incluindo imunidade antitruste.

A Delta espera que a transação seja acrescida ao lucro por ação (EPS, na sigla em inglês) nos próximos dois anos. Além disso, a transação não afetará os compromissos financeiros existentes da empresa com os acionistas, incluindo fluxo de caixa livre e retorno aos acionistas. A Delta também espera permanecer dentro dos índices de alavancagem almejados.

Para a LATAM, a transação melhorará a geração de fluxo de caixa livre, reduzirá a dívida prevista em mais de US$ 2 bilhões até 2025 e melhorará a estrutura de capital da LATAM, aumentando sua capacidade de executar sua estratégia de longo prazo.

Teleconferência da Delta

A Delta realizará uma teleconferência e webcast ao vivo para discutir o acordo na sexta-feira, 27 de setembro de 2019, às 8:30 da manhã ET. Um webcast ao vivo deste evento estará disponível no site ir.delta.com. Uma reprodução on-line estará disponível no mesmo site logo após a conclusão do webcast.

Teleconferência da LATAM

A LATAM realizará uma teleconferência e webcast ao vivo para discutir o acordo na sexta-feira, 27 de setembro de 2019, às 10:00 da manhã ET. Um webcast ao vivo deste evento estará disponível no sitewww.latamairlinesgroup.net/investor-overview. Uma reprodução on-line estará disponível no mesmo site logo após a conclusão do webcast. Uma repetição desta chamada estará disponível até às 12:00 (ET) de 4 de outubro de 2019. 

Informações adicionais 

A oferta pública descrita no anexo deste Formulário 8-K ainda não foi iniciada e esta comunicação não é uma oferta de compra nem uma solicitação de oferta para vender qualquer uma das ações ordinárias (as "Ações") do Grupo LATAM Airlines SA ("LATAM") e American Depository Receipts (recibos de depósitos ações) representando as Ações ou quaisquer outros valores mobiliários. Se exigido pela lei aplicável e apenas mediante a satisfação das condições precedentes à oferta pública descrita neste documento, a Delta pretende enviar à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA uma Declaração de Oferta Pública e materiais relacionados no Schedule TO e, na medida do necessário, a LATAM apresentaria uma Recomendação de Solicitação no Anexo 14D-9. Recomenda-se aos proprietários das Ações e de American Depository Receipts, representando as Ações, que leiam cuidadosamente esses documentos, se e quando estiverem disponíveis, e como eles poderão ser alterados periodicamente, antes de tomar qualquer decisão com relação à oferta em potencial, pois eles contêm informações importantes. Se e quando protocolados, esses documentos estarão disponíveis gratuitamente no site da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA - www.sec.gov. Além disso, se e quando protocolados, a Delta fornecerá cópias desses documentos gratuitamente aos proprietários de Ações e American Depository Receipts, representando as Ações.

Sobre a Delta

A Delta Air Lines (NYSE: DAL) é a companhia área dos EUA líder global em produtos, serviços, inovação, confiabilidade e experiência do cliente. Com seus 80.000 colaboradores em todo o mundo, a Delta continua investindo bilhões em seu pessoal, proporcionando uma experiência de viagem de alta qualidade e gerando retornos líderes do setor para os acionistas. Como resultado de seu constante esforço para investir, inovar e expandir, a Delta hoje é a companhia aérea número 1 do mundo em receita total.

A Delta atende quase 200 milhões de pessoas todos os anos, levando os clientes da sua rede global líder do setor para mais de 300 destinos em mais de 50 países.

  • Sediada em Atlanta, a Delta oferece mais de 5.000 partidas diárias e até 15.000 partidas afiliadas, incluindo a importante aliança SkyTeam, da qual a Delta é membro fundador.
  • Por meio de suas alianças inovadoras com a Aeroméxico, Air France-KLM, Alitalia, China Eastern, Korean Air, Virgin Atlantic, Virgin Australia e WestJet, a Delta está trazendo mais opções e concorrência para os clientes em todo o mundo.
  • A Delta opera hubs significativos e mercados importantes nos aeroportos de Amsterdã, Atlanta, Boston, Detroit, Londres-Heathrow, Los Angeles, Cidade do México, Minneapolis / St. Paul, Nova York-JFK e LaGuardia, Paris-Charles de Gaulle, Salt Lake City, São Paulo, Seattle, Seul-Incheon e Tóquio.
  • A Delta foi reconhecida como uma das 50 empresas mais admiradas da Fortune, além de ser considerada a companhia aérea mais admirada pela oitava vez em nove anos. A Delta também ficou em primeiro lugar na pesquisa anual de companhias aéreas da Business Travel News por inéditos oito anos consecutivos e foi nomeada uma das empresas mais inovadoras da Fast Company em todo o mundo por dois anos consecutivos.
  • Como empregadora, a Delta é regularmente premiada por organizações como a Glassdoor e é reconhecida como um ótimo local de trabalho para mulheres e membros das forças armadas. O CEO da Delta, Ed Bastian, foi nomeado entre os "Maiores Líderes do Mundo" pela revista Fortune em 2018.
  • A Delta acredita que sua responsabilidade social está na interseção de seus principais valores e competências essenciais, fazendo a diferença onde as pessoas da Delta vivem, trabalham e voam, por meio da doação de tempo, talentos e um por cento dos lucros anuais da empresa.
  • Diversidade e inclusão são essenciais para a cultura da Delta e a empresa acredita que ela deve se refletir em seu pessoal, nas empresas com as quais faz negócios, na maneira como trata os clientes e na forma como atende ao mundo.
  • Mais informações sobre a Delta podem ser encontradas no Delta News Hub e no site delta.com, via @DeltaNewsHub no Twitter e Facebook.com/delta.

 

Sobre o LATAM Airlines Group S.A

O LATAM Airlines Group é o principal grupo de companhias aéreas da América Latina, com uma das maiores redes de rotas do mundo, oferecendo serviços para 143 destinos, em 25 países, incluindo seis mercados domésticos na América Latina - Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru - além de operações internacionais na América Latina, Europa, Estados Unidos, Caribe, Oceania, África e Ásia.

O grupo de companhias aéreas emprega mais de 41.000 pessoas em todo o mundo, operando aproximadamente 1.300 voos por dia e transportando 71 milhões de passageiros por ano.

O Grupo LATAM Airlines possui 322 aeronaves em sua frota, que conta com os modelos mais recentes e modernos, incluindo o Boeing 787, Airbus A350, A321 e A320neo.

O Grupo LATAM Airlines é o único grupo de companhias aéreas das Américas e um dos três no mundo a fazer parte do Dow Jones Sustainability 'World' Index (Índice Mundial de Sustentabilidade Dow Jones). Em 2019, o grupo foi reconhecido pelo índice por suas práticas sustentáveis, com base em critérios econômicos, sociais e ambientais, pelo sexto ano consecutivo.

As ações do Grupo LATAM Airlines são negociadas na Bolsa de Santiago e na Bolsa de Nova York na forma de ADRs.

Para qualquer consulta comercial ou relacionada à marca, visite www.latam.com. Informações financeiras adicionais estão disponíveis no site http://www.latamairlinesgroup.net. .

Declarações prospectivas da Delta

As declarações sobre a Delta contidas neste comunicado para a imprensa, que não são fatos históricos, incluindo declarações sobre estimativas, expectativas, crenças, intenções, projeções ou estratégias para o futuro, podem ser "declarações prospectivas", conforme definidas na Lei de Reforma de Litígios de Valores Mobiliários de 1995. Todas as declarações prospectivas envolvem uma série de riscos e incertezas que podem fazer com que os resultados reais sejam diferentes materialmente das estimativas, expectativas, crenças, intenções, projeções e estratégias refletidas ou sugeridas pelas declarações prospectivas.

Esses riscos e incertezas incluem, mas não se limitam ao custo do combustível das aeronaves; a disponibilidade de combustível para aeronaves; o impacto da atividade de hedge de combustível, incluindo o reequilíbrio do portfólio de hedge da Delta, o registro de ajustes mark-to-market (ao valor de mercado) ou a publicação de garantias em conexão com contratos de hedge de combustível; o desempenho de investimentos significativos em companhias aéreas em outras partes do mundo; os possíveis efeitos de acidentes envolvendo aeronaves da Delta; violações ou falhas de segurança nos sistemas de tecnologia da informação da Delta; interrupções na infraestrutura de tecnologia da informação da Delta; dependência de tecnologia nas operações; as restrições que os covenantsfinanceiros nos contratos de financiamento poderiam ter sobre operações financeiras e comerciais; questões trabalhistas; os efeitos do clima, desastres naturais e sazonalidade nos negócios; os efeitos de uma interrupção prolongada nos serviços prestados por terceiros; falha ou incapacidade do seguro de cobrir uma responsabilidade significativa na refinaria de Monroe, em Trainer; o impacto da regulamentação ambiental na refinaria de Trainer, incluindo custos relacionados às regulamentações padrão de combustíveis renováveis; capacidade de reter a alta administração e os funcionários-chave; danos à reputação e à marca se a Delta for exposta a publicidade adversa significativa por meio das mídias sociais; os efeitos de ataques terroristas ou conflitos geopolíticos; condições competitivas no setor aéreo; interrupções no serviço nos principais aeroportos em que a Delta opera; os efeitos de ampla regulamentação governamental sobre o negócio; a sensibilidade do setor aéreo a períodos prolongados de condições econômicas estagnadas ou fracas; incerteza nas condições econômicas e ambiente regulatório no Reino Unido relacionados à saída do Reino Unido da União Europeia; e os efeitos da rápida disseminação de doenças contagiosas.

Informações adicionais sobre riscos e incertezas que podem provocar diferenças entre os resultados reais e as declarações prospectivas da Delta estão contidas nos arquivos da Comissão de Valores Mobiliários da Delta, incluindo o Relatório Anual da Delta no Formulário 10-K para o exercício fiscal encerrado em 31 de dezembro de 2018. Deve-se tomar o cuidado de não confiar indevidamente nas declarações prospectivas da Delta, que representam seus pontos de vista apenas em 26 de setembro de 2019 e que a Delta não tem intenção atual de atualizar. 

Declarações prospectivas da LATAM

Este comunicado para a imprensa contém declarações prospectivas. Tais declarações podem incluir palavras como "pode" "deseja", "espera", "pretende", "prevê", "estima", “projeta", "acredita" ou outras expressões semelhantes. Declarações prospectivas são declarações que não são fatos históricos, incluindo declarações sobre nossas crenças e expectativas. Essas declarações são baseadas nos planos, estimativas e projeções atuais da LATAM e, portanto, você não deve depositar confiança indevida nelas.

As declarações prospectivas envolvem riscos conhecidos e desconhecidos, incertezas e outros fatores, muitos dos quais estão fora do controle da LATAM e são difíceis de prever. Advertimos que vários fatores importantes podem fazer com que os resultados reais sejam materialmente diferentes dos contidos em qualquer declaração prospectiva.

Esses fatores e incertezas incluem, em particular, riscos associados a incertezas quanto ao momento da implementação da parceria estratégica; a possibilidade de que várias condições para a consumação da parceria estratégica possam não ser satisfeitas ou renunciadas, incluindo que uma entidade governamental possa proibir, atrasar ou recusar a aprovação regulatória necessária; os efeitos da interrupção da parceria estratégica nos respectivos negócios da Delta e da LATAM e os riscos adicionais descritos nos documentos protocolados na Comissão de Valores Mobiliários dos EUA. As declarações prospectivas são válidas apenas a partir da data em que são feitas, e não assumimos nenhuma obrigação de atualizar publicamente nenhuma delas, seja à luz de novas informações, eventos futuros ou de outra forma. 

Português (Portuguese)