A Delta ficou posicionada no segundo lugar geral do 2016 J.D. Power North American Airline Satisfaction Study, acima de suas duas concorrentes globais, American e United Airlines.A Delta obteve 725 pontos no segmento de companhias aéreas tradicionais, um aumento de 16 pontos em comparação à sua classificação no ano anterior. 

"Os resultados do J.D. Power deste ano provam que o foco da Delta em sua marca e em seus funcionários, enquanto executa uma complexa operação global todos os dias, é o que continua a nos tornar únicos nesta indústria", disse Ed Bastian, CEO da Delta. "Não há dúvida de que temos o que é preciso para ganhar a lealdade do cliente e ajudar a Delta a ser a companhia aérea preferida."

Após o lançamento dos resultados iniciais na quarta-feira, equipes em todas as divisões da Delta irão analisar atentamente os dados para determinar as maiores de oportunidades da companhia área. Os dados serão utilizados para ajudar a fornecer informações específicas para cada divisão e unidade de negócios para contribuir com o objetivo de ganhar o cobiçado prêmio de atendimento ao cliente em 2017, uma longa meta da empresa.

Outras notáveis conclusões mostram que a satisfação geral do cliente com as principais companhias aéreas na América do Norte atingiu um pico nos últimos 10 anos, impulsionada pela aprimorada oferta de produtos e serviços e crescente aceitação do cliente no pagamento de taxas extras. E pela primeira vez na história do estudo, a satisfação entre os viajantes a negócios ultrapassa a dos que viajam a lazer.

"Embora a percepção da experiência da companhia aérea ainda tenha muito espaço para melhorias, houve um progresso notável em termos de satisfação entre as companhias aéreas mais bem classificadas no estudo devido ao foco em atender ou exceder as necessidades dos passageiros. As companhias aéreas estão claramente ouvindo seus passageiros e estão resolvendo seus problemas", disse J.D. Power em um comunicado de imprensa.

 

Share