LAS VEGAS, 07 de janeiro de 2020 - Os clientes da Delta Air Lines (NYSE: DAL) que viajam para a CES 2020 vão voar com carbono neutro. A companhia aérea está a investir em soluções ambientais renováveis ​​e naturais para compensar as emissões dos seus voos de/para Las Vegas durante a semana de 6 de janeiro, aproveitando os investimentos de longa data da companhia em sustentabilidade. A Delta fará ainda investimentos em projetos verificados para compensar a pegada de carbono através da campanha associada à Global Goal Live (da Global Citizen): ‘The Possible Dream’, que apoia os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. 

“Não há, simplesmente, substituto para o poder que as viagens têm para mudar vidas e tornar o mundo um lugar melhor. E estamos empenhados em fazer com que o nosso negócio de conectar as pessoas com o mundo tenha uma orientação mais ecológica”, afirmou o CEO da Delta, Ed Bastian. "Começando com o limite voluntário das nossas emissões de carbono nos níveis de 2012, continuamos a reduzir a nossa pegada e a investir em soluções climáticas naturais, além dos projetos que apoiam as economias locais em todo o mundo". 

A Delta vai investir mais de 100.000 USD (89.581 EUR) no The International Small Group & Tree Planting Program (TIST), programa que apoia agricultores de subsistência em países como o Quénia e o Uganda, para reverter os efeitos devastadores do desmatamento, seca e fome através da plantação de árvores e agricultura de conservação. O investimento cobre o carbono associado a todos os voos da Delta de/para durante a CES 2020. 

Estes investimentos foram anunciados como parte do discurso de abertura de Bastian na CES 2020, durante o qual o CEO da Delta discutirá o como a Delta está a transformar a futura experiência de viagem dos clientes em todos os pontos da jornada em tecnologia e inovação. 

Enquanto parte da sua parceria com a organização de defesa internacional Global Citizen, a Delta vai também investir num programa de compensação de carbono verificado especificamente projetado para cobrir a pegada de carbono associada às viagens e ao transporte de equipamentos para o Global Goal Live: The Possible Dream. O Global Goal Live é uma campanha de um ano, liderada pela Global Citizen e pela Teneo, empresa global de consultoria para CEOs, que procura preencher a lacuna de financiamento de 350 mil milhões USD (313,5 mil milhões EUR) nos 59 países mais pobres do mundo para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas focados em sustentabilidade, igualdade de género e capital humano. 

A Global Goal Live vai culminar no maior evento de causas com transmissão ao vivo da história a 26 de setembro de 2020, abrangendo cinco continentes. Bastian é co-presidente da Coligação de CEO, que inclui líderes de vários setores empenhados em garantir os compromissos de líderes mundiais, decisores e legisladores, ONGs e organizações socialmente responsáveis para ajudar a cumprir as metas globais. Como parte dessa parceria, a Delta vai compensar todas as emissões associadas às viagens para os eventos, que serão verificadas pela Pólo Sul, um fornecedor líder em soluções globais de sustentabilidade. 

A Delta está empenhada em reduzir as suas emissões em 50% até 2050. Desde 2005, a Delta tem reduzido o consumo de combustível de aviação por via de iniciativas de renovação de frota e eficiência de combustível, levando a uma redução de 11% nas emissões e sendo a única companhia a limitar voluntariamente as emissões nos níveis de 2012. A companhia adquiriu 12 milhões de compensações de carbono desde 2012. Em 2007, a Delta tornou-se a primeira companhia aérea dos EUA a permitir que os clientes compensassem as emissões de carbono associadas às suas viagens, o que os viajantes podem fazer em delta.com/co2or via app Fly Delta. 

Sobre a Delta Air Lines 

A Delta Air Lines (NYSE: DAL) é a companhia aérea líder mundial em produtos, serviços, inovação, confiança e experiência do cliente. Impulsionada pelos seus 80.000 colaboradores em todo o mundo, a Delta continua a investir milhares de milhões nas suas pessoas, melhorando a experiência de viagem aérea e gerando rendimentos líderes na indústria para os seus acionistas. Sediada em Atlanta, a Delta oferece mais de 5.000 voos diários e até 15.000 em voos afiliados, incluindo através da aliança SkyTeam, da qual é membro fundador. A companhia aérea serve cerca de 200 milhões de pessoas anualmente, levando os seus clientes a mais de 300 destinos em mais de 50 países.  

A Delta é a primeira e a única companhia aérea dos EUA a limitar voluntariamente as emissões dos gases com efeito estufa nos níveis de 2012, mesmo com um crescimento de 25%. Em 2018, começou a substituir os plásticos descartáveis a bordo e eliminou mais de 300.000 libras (136,078 quilos) em resíduos de plástico anualmente – mais do que o peso de um Boeing 757. Embora a companhia aérea global tenha estabelecidas parcerias há vários anos em projetos internacionais para compensar a sua pegada de carbono, em 2018 adicionou parcerias locais como com a Duke University e o Seattle Seahawks para causar um impacto local. A Delta está a investir 2 milhões de USD (1,79 milhões de EUR) no estudo de uma potencial fábrica que poderia produzir biocombustível a partir de detritos do solo da floresta. A companhia aérea tem ainda um acordo para a compra de 10 milhões de galões (39,4 milhões de litros) por ano em biocombustíveis renováveis ​​avançados. Estes combustíveis renováveis ​​têm até 75% menos emissões de ciclo de vida do que o combustível de aviação convencional. A Delta também foi a primeira companhia aérea americana a reciclar resíduos de aeronaves, tendo reciclado mais de três milhões de libras (1,36 milhões de quilos) de alumínio de resíduos de bordo – equivalente ao peso de sete Airbus A350s – em 10 anos. Os fundos desse programa e a reciclagem de óleo no TechOps foram usados ​​para construir 13 das mais de 270 casas que a Delta construiu com o Habitat for Humanity globalmente. Em 2018, a Delta lançou o Green Up, um conjunto de recursos de negócio liderados por funcionários, para se focar em novas maneiras pelas quais a Delta pode fazer a diferença na sustentabilidade ambiental, incluindo sobre o como continuar a promover formas inovadoras de melhorar os seus uniformes de primeira linha e encontrar soluções para reduzir o desperdício de recursos nos campos empresariais. 

Em conjunto com os seus parceiros mundiais, opera hubs e mercados importantes em aeroportos nos Estados Unidos e por todo o mundo. Para saber mais sobre a Delta, visite Delta News Hub, delta.com ou @DeltaNewsHub no Twitter e no Facebook.com/delta. 

Share