A Delta decidiu suspender temporariamente todos os voos dos Estados Unidos para a China entre 6 de fevereiro e 30 de abril devido às preocupações contínuas relacionadas ao coronavírus. De hoje até o dia 5 de fevereiro, a companhia continuará operando voos para garantir que os clientes que desejam sair da China tenham opções para fazê-lo.

O último voo que sai dos Estados Unidos com destino à China partirá na segunda-feira, 3 de fevereiro, e o último voo de volta para os Estados Unidos sairá da China em 5 de fevereiro.

Os clientes cujos planos de viagem foram afetados podem acessar a seção Minhas Viagens (My Trips) do site delta.com para ajudá-los a entender suas opções, que incluem:

  • Reacomodação em voos após 30 de abril
  • Pedido de reembolso
  • Contato com a Delta para debater opções adicionais.

As alterações na programação de voos entrarão em vigor no delta.com a partir de 1º de fevereiro.

Para clientes com reserva em voos até 5 de fevereiro, a Delta continuará oferecendo uma isenção na taxa de remarcação, permitindo aos clientes ajustar seus planos de viagem nos voos entre Estados Unidos e China.

Atualmente, a Delta opera 42 voos semanais entre os Estados Unidos e o país asiático, incluindo o serviço diário que liga Pequim a Detroit e Seattle, além de Xangai a Atlanta, Detroit, Los Angeles e Seattle.

Related Topics: