Skip to main content

Delta News Hub Logo

Companhia aérea recebeu autorização para restabelecer os voos diários diretos para a capital cubana.

A Delta Air Lines começará a oferecer voos para Havana, Cuba, partindo de Nova York-JFK, Atlanta e Miami, até o fim deste ano, como resultado da aprovação de seu pedido ao Departamento de Transporte dos Estados Unidos (DOT). A Delta agradece e aplaude o DOT por conceder à companhia aérea a possibilidade de restabelecer a operação diária de seus voos diretos para a ilha caribenha pela primeira vez em quase 55 anos.

“O dia de hoje tem sido um momento muito aguardado para celebrar o retorno histórico da Delta para Cuba e agradecemos ao secretário de Transportes, Anthony Foxx, à sua equipe e aos outros funcionários do governo norte-americano por nos conceder a autorização de voos para Havana partindo de Atlanta, Miami e Nova York”, disse Nicolas Ferri, vice-presidente da Delta para América Latina e o Caribe. “Estamos ansiosos para oferecer ao mercado um excelente atendimento ao cliente e desempenho operacional, que reunirá famílias e fornecerá suporte a uma nova geração de turistas que busca conhecer e explorar este destino genuinamente único.”

“Além disso, gostaria de elogiar o empenho das nossas equipes em todas as divisões da Delta, que continuam a trabalhar incansavelmente para resolver os desafios logísticos específicos para restabelecer o serviço diário para Havana. ”

Nicolas Ferri

Todas as rotas estão sujeitas à aprovação regulatória cubana. A Delta começará a vender passagens para Havana durante o verão norte-americano.

Rotas concedidas à Delta

Os voos da Delta entre Nova York-JFK e Havana irão conectar a área da cidade de Nova York, que inclui a segunda maior população cubana nos Estados Unidos, à capital política, cultural e econômica de Cuba.

O aeroporto de Atlanta possui uma oferta superior de conexões, oferecendo acesso fácil para Cuba por meio do maior hub do país, com mais assentos, destinos e voos partindo de Atlanta do que qualquer outra companhia aérea.

Os voos da Delta entre Miami e Havana atenderão a maior população de origem cubana nos Estados Unidos. A Delta oferece o segundo maior número de voos partindo do aeroporto internacional de Miami.

História da Delta em Cuba

A Delta herdou o serviço de transporte de passageiros para Havana, Cuba, de sua fusão com a Chicago and Southern Air Lines (C&S) no dia 1º de maio de 1953, oferecendo voos diretos de New Orleans. A instabilidade política e problemas de rentabilidade conduziram a Delta a suspender seus voos em 1º de dezembro de 1961.

De 2002 a 2004, a Delta operou voos fretados entre Nova York-JFK e Havana. Em outubro de 2011, a Delta chegou a operar até doze voos fretados para Havana por semana com serviços diários de Miami e semanais de Atlanta e Nova York-JFK. A companhia aérea operou aproximadamente 500 viagens antes de suspender o serviço em 29 de dezembro de 2012. Mais recentemente, em 2015, a Delta realizou três voos pontuais, incluindo um que transportou a Orquestra de Minnesota de volta a Cuba, para sua primeira apresentação na ilha em mais de 85 anos.

Português (Portuguese)

Related Topics

Related topics