Skip to main content

Delta News Hub Logo

Dia da Terra: em apenas um dia, Delta compensa grande parte das emissões de carbono de mais de 300 mil clientes

Delta compensa as emissões de voos domésticos de Nova York, Boston, Seattle, Los Angeles, Raleigh-Durham e Atlanta

  • Para comemorar o Dia da Terra, a companhia aérea compensa emissões de mais de 300 mil clientes;
  • Além disso, adquire quase 50 mil créditos de carbono hoje que ajudarão o projeto de compensação Coast Conservation a oferecer proteção ambiental e oportunidades econômicas sustentáveis para as comunidades da Guatemala.

Para comemorar o Dia da Terra, a Delta vai compensar as emissões de todas as viagens domésticas de lazer e negócios de Nova York, Boston, Seattle, Los Angeles, Raleigh-Durham e Atlanta de mais de 300 mil clientes em todo o país.

Pequenos aviões feitos com papel semente serão distribuídos nesses voos selecionados para mostrar aos clientes que o impacto ambiental de sua viagem foi balanceado e inspirá-los a compensar outros voos pelo site delta.com/co2. O avião de papel será então plantado para gerar flores silvestres não invasivas.

“A Delta foi a primeira do setor de aviação dos Estados Unidos a lançar um programa de compensação de carbono em 2007, ajudando os clientes a reduzir o impacto ambiental de suas viagens”, disse John Laughter, vice-presidente sênior de Segurança, Proteção e Conformidade Corporativa. “A companhia também é a única aérea de grande porte a voluntariamente limitar as emissões de carbono nos níveis de 2012 por meio da aquisição de créditos de carbono.”

Desde 2013, a empresa já comprou de forma voluntária mais de 12 milhões de créditos de carbono, o que equivale às emissões de 1,7 milhão carros ou uso de energia elétrica por um ano de quase 2 milhões de residências. Isso é mais do que qualquer outra companhia aérea dos Estados Unidos já fez. Somente hoje, a Delta comprará quase 50 mil créditos. Para ter uma ideia melhor, isso equivale à emissão de mais de 10 mil carros pelo período de um ano.

As compensações de carbono da Delta ajudam o projeto Conservation Coast na Guatemala

Todas as compensações que a Delta comprar hoje beneficiarão o projeto de compensação Conservation Coast, que fornece proteção ambiental contra o desmatamento e oportunidades de subsistência sustentável para as comunidades da Guatemala. Isso ajudará a conservar mais de 400 espécies de aves e 54 mil hectares de florestas tropicais ameaçadas localizadas ao longo da costa caribenha da Guatemala.

O projeto Conservation Coast também apoia a subsistência sustentável nas comunidades locais, ensinando práticas agrícolas economicamente viáveis e sustentáveis que trabalham com o meio ambiente, e não contra ele. O projeto apoia mais de 700 empregos, 30% dessas vagas são ocupadas por mulheres.

“Na Delta, acreditamos que conectar o mundo começa pelo cuidado com o planeta”, disse Laughter. “Os projetos de compensação de carbono que apoiamos são holísticos e vão além de abordar o impacto ambiental dos voos, pois também fornecemos recursos, capacitação e oportunidades financeiras para as comunidades carentes, como aquelas envolvidas no projeto Conservation Coast.”

A aquisição de créditos é acessível. Uma passagem de ida e volta de Atlanta a Nova York emite 0,28 toneladas métricas de CO2, o que pode ser compensado por menos de US$5. Para calcular as emissões associadas a uma viagem e comprar compensações de carbono, acesse delta.com/co2.

Por essas compensações e outros esforços, a Delta foi homenageada com o Vision For America Award da Keep America Beautiful em 2017, reconhecida com o Superhero Corporate Award da Captain Planet Foundation em 2018, nomeada para o Índice FTSE4Good pelo quarto ano consecutivo, incluída no Índice Dow Jones de sustentabilidade da América do Norte pelo oitavo ano consecutivo, recebeu menção honrosa no 2019 World Changing Ideas Awards da Fast Company e foi nomeada uma das 100 empresas mais sustentáveis da América, de acordo com um estudo detalhado da Barron’s.

 

Português (Portuguese)