Mike Medeiros Executive Headshot
Após a aprovação em dezembro para a criação de um acordo de cooperação conjunta (JCA, da sua sigla em inglês), a Delta e a Aeroméxico anunciaram duas alterações na liderança conforme ambas as companhias aéreas se preparam para estabelecer a maior aliança transfronteiriça entre o México e os Estados Unidos, ampliando a concorrência e os benefícios aos clientes de ambas as companhias.

Mike Medeiros se tornará diretor operacional da Aeroméxico, reportando diretamente ao CEO da companhia aérea, Andres Conesa. Desde que ingressou na Delta em 1988, Mike desempenhou funções importantes nas áreas operacional, comercial e corporativa por toda a companhia aérea. Além de sua liderança como vice-presidente de Seattle, onde ajudou a estabelecer a Delta como a maior companhia aérea global da cidade, Mike acumulou conhecimento operacional em sua posição anterior como vice-presidente de Operações em Nova York, baseado no aeroporto JFK. Sob sua liderança, a Delta aumentou seu número de voos no JFK em mais de 300%, realizou aprimoramentos operacionais significativos e foi realocada para o Terminal 4. Antes do JFK, Mike era de diretor de Atendimento ao Cliente em Aeroportos da região Leste dos Estados Unidos.

Nicolas Ferri, vice-presidente da Delta para a América Latina e o Caribe, será realocado para a Cidade do México como vice-presidente para o México e do acordo conjunto Aeroméxico/Delta, reportando ao presidente internacional e vice-presidente executivo de Vendas Globais da Delta, Steve Sear. Nesta função, Nicolas irá supervisionar a atividade comercial da Delta no México e a execução do JCA baseado no princípio “o melhor em cada um de nós”, impulsionando a inovação e velocidade no recém-criado acordo em cada companhia aérea. Durante seus seis anos com a Delta, Nicolas ficou baseado em Atlanta e São Paulo e liderou a transformação da companhia aérea na região. Ele tem um sólido histórico nas áreas comercial e de alianças e está bem posicionado para assegurar que o JCA seja o melhor.

“Estas mudanças estratégicas são cruciais para fortalecer nossa parceria com a Aeroméxico e ajudar ambas as companhias aéreas a promoverem sinergias por t

Nicolas Ferri
odas as entidades operacionais e comerciais”, disse Ed Bastian, CEO da Delta, em um comunicado para todos os funcionários. “Estas mudanças na liderança dão continuidade ao nosso histórico de criar sólidas alianças transfronteiriças. Esta abordagem é baseada em um compromisso para estabelecer relacionamentos profundos que promovem o compartilhamento de conhecimentos e talentos com nossas companhias aéreas parceiras”.

Novos executivos para a Delta em Seattle e para o restante da América Latina serão anunciados em breve.

A Delta continua comprometida com o mercado de Seattle. A companhia aérea adicionará voos para sete novos destinos a partir de Seattle este ano e ampliará seu serviço para destinos já atendidos a partir da cidade. A companhia aérea irá operar um segundo voo diário para Boston e Orlando, um oitavo voo diário para Portland e um quinto voo diário para San Diego. Diversos voos para São Francisco e Denver serão modernizados com aeronaves maiores de linha principal. Com estes acréscimos, a Delta oferecerá 160 voos em dia pico para 49 destinos – incluindo 16 dos 20 principais destinos – a partir de seu hub em Seattle no verão norte-americano.

A Delta segue com seu processo de crescimento na América Latina ao estabelecer alianças de longo prazo exclusivas com a GOL Linhas Aéreas InteligentesAeroméxico e a Aerolíneas Argentinas, e está comprometida em construir uma sólida presença regional para aprimorar a sua rede global e oferecer a melhor experiência  para os seus clientes. A Delta disponibiliza serviços para 33 países e 55 destinos na região, oferecendo mais de 1.900 voos semanais entre os Estados Unidos e a América Latina/Caribe. 

 

Share