Ed Bastian para colegas da Delta em todo o mundo

Garantindo a Posição da Delta Nesta Crise

Estas semanas estão sendo extraordinárias, para dizer o mínimo, para nossos negócios, nossa nação e nosso mundo. Há pouco mais de um mês, estávamos comemorando um dia recorde de participação nos lucros; hoje enfrentamos o maior desafio econômico de nossa história, à medida que o mundo enfrenta a crescente pandemia de COVID-19 (coronavírus).

Quero agradecer às mais de 13.000 pessoas que se ofereceram para receber licenças voluntárias não pagas – essa é a coisa mais importante que qualquer um pode fazer agora para apoiar a Delta. Embora eu seja grato aos milhares de voluntários, poderíamos ter mais; portanto, considere seriamente se essa é a decisão certa a curto prazo para você e sua família.

No início desta semana, descrevi a séria ameaça aos nossos negócios e as ações difíceis que tomaremos nos próximos meses para proteger nossa empresa. A perspectiva de receita continua se deteriorando no curto prazo com o declínio na demanda por viagens. Agora, estamos projetando que nossas receitas no trimestre de junho caiam US$ 10 bilhões em comparação com o ano anterior – uma redução de 80%. Também está claro, dado o dano subjacente que o vírus criou à economia em geral, que a recuperação da demanda levará um longo período depois que o vírus for contido.

À luz dos desafios sem precedentes que enfrentamos, celebramos uma linha de crédito garantida de US$ 2,6 bilhões e estamos retirando US$ 3 bilhões de nossas linhas de crédito rotativo existentes. Isso ajudará a fortalecer nossa posição de caixa nas próximas semanas e meses. Para colocar isso em contexto, apesar de todas as medidas de autoajuda que estamos tomando, atualmente estamos queimando aproximadamente US$ 50 milhões por dia.

Também continuamos trabalhando com o Presidente e o Congresso na assistência em casos de desastre, que é vital para proteger o papel crucial de nossa indústria na economia da nação. Em meio a essas discussões, nos últimos dias, alguns críticos argumentaram que as companhias aéreas não foram boas administradoras de dinheiro durante os anos lucrativos. Na Delta, nada poderia estar mais longe da verdade. Nossa filosofia sempre foi simples: investimos 50% do fluxo de caixa operacional em nossos negócios, investindo em nosso pessoal e clientes, usando 30% para pagar dívidas e devolvendo 20% para nossos proprietários.

De fato, nos últimos cinco anos, a Delta investiu mais de US$ 20 bilhões em novas aeronaves, melhorias nos aeroportos, na tecnologia e no atendimento ao cliente; e investimos US$ 19 bilhões em pessoal por meio de participação nos lucros e contribuições e pagamentos de pensão. Além disso, aumentamos o salário base em 30% durante esse período e readquirimos a confiança dos mercados financeiros ao recuperar nossa classificação de crédito em nível de investimento. Quando a extensão da crise da COVID-19 ficou clara, suspendemos imediatamente nossas recompras de ações e nosso Conselho de Administração votou pela suspensão de pagamentos de dividendos futuros.

Embora essas ações ajudem, a inovação de nosso pessoal sempre foi nossa ferramenta mais poderosa e precisamos dela mais do que nunca para proteger o futuro da empresa. Recebi um número notável de ideias e ofertas para ajudar as pessoas da Delta em todas as divisões, bem como dos nossos funcionários de mérito (aqueles que ganham um salário fixo por mês). Estamos analisando todos elas e tomaremos decisões em breve nas próximas etapas para economizar dinheiro, fortalecer nosso futuro e planejar uma eventual recuperação. Estamos explorando todas as opções de ajuda que precisaremos das pessoas de mérito e de linha de frente.

Enquanto isso, quero reconhecer o excelente trabalho que todos vocês estão realizando em meio à incerteza. Alguns exemplos:

  • Pilotos que estão saindo para receber nossos clientes, garantir a eles uma aeronave limpa e segura e uma operação pontual.
  • Os comissários de bordo que mantêm um ambiente limpo, mesmo após o embarque dos clientes, e são extremamente sensíveis às suas preocupações e acomodam suas necessidades.
  • Agentes de reservas que oferecem vozes pacientes, gentis e tranquilizadoras, enquanto gerenciam um volume sem precedentes de chamadas.
  • Agentes da ACS e de carga que estão resolvendo os problemas dos clientes e fornecendo vozes serenas no aeroporto, garantindo que nossa operação seja mais limpa e saudável do que nunca durante um período estressante.
  • Nosso pessoal da TechOps trabalha em estreita colaboração com o Planejamento de Rede para garantir que nossa frota esteja pronta para mudanças rápidas, conforme ajustamos nosso cronograma para atender à queda na demanda.
  • Os profissionais da OCC que estão gerenciando nossas operações em meio a reduções de cronograma, fechamento de torres e um grande terremoto perto de Salt Lake City.
  • Pessoas da Delta em toda a organização que demonstram um senso de solidariedade com clientes e colegas que está em consonância com nossos valores compartilhados de empatia, compaixão e dignidade para todos, mesmo nas circunstâncias mais difíceis.

Essas palavras não chegam perto de expressar seus esforços heroicos, grandes ou pequenos. A equipe da Delta está de pé para enfrentar esse desafio, a cada hora de cada dia.

Por fim, continue a tornar sua saúde e segurança, e a de nossos clientes e colegas, sua prioridade número 1. No momento, nada é mais importante, pois trabalhamos juntos para proporcionar um ambiente seguro para viajar e impedir a propagação do vírus. Siga sempre as diretrizes estabelecidas por seus líderes e pelo CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças, na sigla em inglês), no trabalho e em sua vida pessoal.

Entrarei em contato novamente no início da próxima semana com outra atualização. Obrigado por tudo que você está fazendo para salvaguardar o futuro da Delta neste período sem precedentes.

 

Ed

Related Topics:
Share