De Ed Bastian para os colegas da Delta em todo o mundo

Seu direito ao voto

Há apenas duas semanas, reverenciamos o ícone dos direitos civis, o embaixador Andrew Young, nomeando um prédio em nosso campus em sua homenagem e estabelecendo uma exposição permanente dedicada ao trabalho de toda a sua vida no saguão. O local foi escolhido porque é o primeiro lugar que a maioria dos novos funcionários da Delta visita quando vem trabalhar conosco. Assim, queríamos que eles vissem, em seu primeiro dia, o quanto nossa missão de conectar o mundo se entrelaça com o trabalho de heróis como o embaixador Young, um ex-integrante do conselho da Delta cuja mão firme ajudou a salvar nossa companhia nos anos sombrios que se seguiram ao 11 de setembro.

Apesar de todo o orgulho que sentimos pelas conquistas do embaixador Young e de outros grandes nomes pela luta dos direitos civis, muitos deles vindos de nossa cidade natal, Atlanta, sabemos que ainda há muito trabalho a ser feito para estabelecer uma sociedade verdadeiramente justa e igualitária. Na semana passada, o legislativo da Geórgia aprovou uma ampla lei de reforma eleitoral que pode tornar mais difícil para muitos georgianos, especialmente aqueles em nossas comunidades negra e parda, de exercer seu direito de voto.

Desde o início do projeto de lei, a Delta se juntou a outras grandes empresas de Atlanta para trabalhar em estreita colaboração com autoridades eleitas de ambos os partidos de modo a tentar remover algumas das medidas mais flagrantes do projeto. Tivemos algum sucesso em eliminar as táticas mais supressivas que alguns haviam proposto.

No entanto, preciso deixar bem claro que o resultado final é inaceitável e não corresponde aos valores da Delta.

O direito de votar é sagrado. É fundamental para a nossa democracia e isso não só precisa ser garantido, mas amplamente facilitado de forma segura e protegida.

Depois de ter tido tempo para entender completamente tudo o que está no projeto de lei, o que se juntou aos debates com líderes e funcionários da comunidade negra, é evidente que o projeto inclui disposições que tornarão mais difícil para muitos eleitores sub-representados, principalmente os votantes negros, exercerem seu direito constitucional de eleger seus representantes. E isso está errado.

Todo o fundamento lógico para esse projeto de lei foi baseado em uma mentira: que houve fraude eleitoral generalizada na Geórgia nas eleições de 2020. Isso simplesmente não é verdade. Infelizmente, tal desculpa está sendo usada em Estados de todo o país que estão tentando aprovar uma legislação semelhante para restringir os direitos ao voto.

Portanto, há muito trabalho pela frente e muito mais oportunidades de causar impacto. Quero que toda a família Delta saiba que estamos unidos em nosso compromisso de proteger e facilitar seu precioso direito de votar. É por isso que investimos pesadamente em nossos esforços para atrair eleitores no ano passado, e todos nós podemos nos orgulhar da contribuição da Delta para o histórico comparecimento às urnas em 2020.

Nesse intuito, trabalharemos nas próximas semanas e meses com líderes de diferentes espectros políticos em Estados de todo o país. Também estamos monitorando de perto a legislação aprovada no Congresso, que, batizada em homenagem ao falecido símbolo dos direitos civis de Atlanta e amigo da Delta, John Lewis, expandirá os direitos de voto em todo a nação, além de trabalharmos com os deputados e senadores que representam nossas comunidades.

Sei que esse resultado na Geórgia causou frustração, raiva e dor a muitos membros da nossa família Delta. Comprometo-me com vocês que, à medida em que avançamos, a companhia continuará a fazer tudo ao nosso alcance para ouvir e proteger sua voz e seus direitos, tanto na Geórgia quanto em todo o país.

Obrigado por tudo o que vocês fazem, todos os dias, por suas comunidades, seus entes queridos e por nossa família Delta.

Ed

Related Topics:
Share