Skip to main content

Delta News Hub Logo

Quando Dan O’Brien diz que este verão norte-americano tem sido “o mais movimentado e exigente” já visto, não é um exagero. Por 21 anos, ele acompanha de maneira bem próxima o período de alta temporada de seu posto no centro de operações e atendimento ao cliente da Delta (OCC, em sua sigla em inglês). Desde 2000, ele, em conjunto com outros quatro diretores, tem supervisionado a operação global e ininterrupta da Delta a partir do OCC.

O verão norte-americano, mais do que qualquer outra época do ano, coloca a companhia aérea à prova. São os três meses mais movimentados para grande parte das companhias aéreas, pois mais clientes embarcam em mais voos para mais destinos em todo o mundo.

Delta Duty Director Dan O'Brien

“O verão norte-americano é o nosso grande teste”, disse O’Brien sobre os seus colegas em todo o mundo. “É quando mostramos aos nossos clientes e ao mundo do que realmente somos capazes”.

Este verão foi um dos mais movimentados da história da Delta. O dia operacional mais intenso da companhia aérea – dia 5 de agosto com 5.939 voos da Delta e Delta Connection – teve um número de voos maior que o dobro do que o dia menos movimentado, o qual espera-se que seja o dia de Ação de Graças com 2.909 voos. Para o período de três meses, o número médio de decolagens foi de aproximadamente 5.500 voos na linha principal e na Delta Connection – em comparação ao ano anterior com 5.350 voos – com destino a 337 locais em todo o mundo.

Na operação durante a alta-temporada da Delta existem 80 mil funcionários que enfrentam todos os tipos de desafios que surgem quando a temperatura sobe no hemisfério norte: tempestades quase diárias em alguns dos hubs mais movimentados da companhia aérea, problemas no controle de trafego aéreo, uma lamentável falha tecnológica e outros distúrbios que afetaram interrupções na operação. Com 21, a Delta observou neste verão mais dias operacionais irregulares – conhecidos na indústria como IROPs – do que nos últimos anos, como resultado de condições climáticas adversas que migraram de aeroportos como Atlanta e Detroit para os hubs da Delta em Minneapolis e na cidade de Nova York.

O verão norte-americano, diz O’Brien, é uma demonstração positiva apesar dos desafios que os meses de junho, julho e agosto oferecem às operações da companhia aérea, transportando os clientes de maneira confiável para onde eles precisam e em tempo “é apenas algo que a Delta faz”. Esta é uma frase ouvida de funcionários por toda a operação e a mensagem que foi compartilhada por eles em um vídeo publicado recentemente nos canais de redes sociais da Delta. “Vivemos pela confiabilidade todos os dias. Ser confiável tem tudo a ver conosco”, eles disseram.

Um verão recorde

Agora no fim da estação, é evidente o quanto os últimos três meses foram significativos. Este verão foi repleto de recordes operacionais e destaques.

Delta Summer Ops 2016

Para começar, a Delta e a Delta Connection transportaram mais clientes em um único dia em 22 de julho do que qualquer outro dia na história, com mais de 624 mil pessoas viajando em aproximadamente 5.900 voos da Delta em todo o mundo. A companhia aérea transportou mais de 48 milhões de clientes durante todo o verão norte-americano.                          

Enquanto isso, durante o período, a Delta acumulou 59 dias sem um único cancelamento em sua linha principal2, com um intervalo de 5 dias sem nenhum cancelamento em toda a operação, incluindo a linha principal e a operação regional da Delta no fim de agosto e um período de 12 dias sem cancelamentos no começo de junho. Para consolidar seu sólido desempenho operacional, os funcionários da Delta conseguiram realizar o fim de semana prolongado do feriado do Labor Day sem cancelamentos nos voos da linha principal e da Delta Connection durante o período de três dias – algo inédito na companhia aérea. 1

Apesar da falha tecnológica que causou que a companhia aérea cancelasse aproximadamente 2 mil voos, a Delta se recuperou e atingiu um recorde de 10 dias em agosto no qual 91% dos voos domésticos na linha principal foram completados dentro de 14 minutos – definição do Departamento de Transportes dos Estados Unidos de pontualidade. 3 Durante todo o verão, 82% dos voos de linha principal da Delta foram pontuais. 2 Combinadas com as seis companhia aéreas regionais que operam como Delta Connection, a marca Delta manteve uma classificação de 81,4% de voos completados pontualmente durante o período.1

A companhia aérea também ajudou o time de futebol masculino da Nigéria a chegar a tempo para seu jogo contra o Japão no Brasil apenas algumas horas antes do jogo, após seu voo fretado original ter deixado a equipe em Atlanta. Durante o torneio de futebol Copa América Centenário no verão norte-americano, a Delta transportou 16 times para 10 cidades em todo os Estados Unidos.

“Foi incrível o que os funcionários da Delta realizaram durante este mês e por todo o verão norte-americano”, disse Gil West, vice-presidente executivo sênior e diretor operacional da Delta, aos funcionários na quinta-feira. “A equipe da Delta se uniu para se recuperar da falha que sofremos com a queda do sistema de TI, retomando imediatamente o desempenho líder de indústria e entregando a confiabilidade que nossos clientes esperam de nós. Foi um retorno incrível e sem precedentes”.

Infográfico sobre o movimentado período

 [1] Com base em relatórios estatísticos internos de voos operados pela Delta e Delta Connection programados entre os dias 1º de junho e 5 de setembro de 2016. As companhias aéreas Delta Connection incluem: Compass Airlines, Endeavor Air, ExpressJet Airlines, GoJet Airlines, Shuttle America e SkyWest Airlines.
 [2] Com base em relatórios estatísticos internos de voos operados pela Delta entre os dias 1º de junho e 5 de setembro de 2016.
 [3] Com base em relatórios estatísticos internos de voos operados pela Delta entre os dias 1º de agosto e 31 de agosto de 2016.
Português (Portuguese)