O Relatório de Responsabilidade Corporativa 2019 da Delta, divulgado esta semana, destaca o compromisso contínuo da companhia com funcionários, clientes, sustentabilidade e impacto social. No ano passado, a empresa aérea foi novamente reconhecida pela consultoria global Great Place to Work, melhorou no nosso índice Net Promoter Score, doou um recorde de 6.181 litros de sangue, aprimorou-se na eficiência de combustível e, em 2020, comprometeu-se a investir US$ 1 bilhão nos próximos 10 anos para tornar-se neutra em carbono. Os colaboradores da Delta estão no centro desses marcos e fizeram de 2019 um dos anos de maior sucesso da companhia até hoje.

Relatório de Responsabilidade Corporativa 2019 da Delta

Embora 2019 tenha sido um ano marcante para a Delta, com a empresa compartilhando lucros recordes com os funcionários e comprometendo-se a destinar US$ 1 bilhão em 10 anos em direção à neutralidade na emissão de carbono, o impacto devastador da pandemia de COVID-19 criou uma crise sem precedentes para o setor aéreo e a Delta. Apesar disso, não alteramos nosso compromisso com a sustentabilidade e o meio ambiente.

“Enquanto a pandemia global continua, mantemos o foco no desenvolvimento sustentável e na proteção do futuro de nossa companhia”, disse o CEO Ed Bastian. “Somos uma empresa profundamente fundamentada em nossos valores, com uma clara compreensão de nossos compromissos, e isso nunca mudará”.

A Delta apoia os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, que envolvem organizações de todos os setores para ajudar a acabar com a pobreza, proteger o planeta e garantir a prosperidade para todos. Para ser transparente sobre nossas metas relacionadas a esse assunto, a Delta reporta nosso progresso ao Conselho de Normas de Contabilidade de Sustentabilidade e à Força-Tarefa sobre Divulgações Financeiras Relacionadas ao Clima.

Nosso Relatório de Responsabilidade Corporativa de 2019 amplia os seguintes compromissos:

SEGURANÇA

Em 2019, a cultura de segurança da Delta permitiu à empresa manter um desempenho de 3,9% da Taxa Total de Lesões Registráveis, o mesmo índice de 2018 e 43% melhor do que a média do segmento. A empresa também introduziu a ferramenta especial Resposta a Incidentes de Segurança, permitindo-nos mitigar melhor as circunstâncias perigosas que podem danificar involuntariamente as operações, a segurança dos funcionários ou as instalações da companhia. A Delta continua investindo em iniciativas de proteção pessoal que aprimoram a conscientização, a cultura e o conhecimento sobre segurança.

SUSTENTABILIDADE

Mesmo quando enfrentamos desafios relacionados à COVID-19, o trabalho de sustentabilidade é essencial para proteger o planeta e deve prosseguir. A Delta continua comprometida em investir US$ 1 bilhão nos próximos 10 anos em sua jornada para se tornar a primeira companhia aérea neutra em carbono do mundo. A empresa conseguirá isso apostando em tecnologias de transporte aéreo limpo, acelerando a redução de emissões e resíduos de carbono e desenvolvendo novos projetos para atenuar o balanço de emissões. Saiba mais sobre os esforços voluntários de sustentabilidade da Delta aqui.

“Felizmente, sempre vimos a sustentabilidade como um investimento contínuo e de longo prazo. É por isso que mantemos nossa promessa de nos tornarmos neutros em carbono e investimos em direção a essa meta na próxima década para fazer as viagens aéreas mais sustentáveis ​​para o futuro do nosso planeta, apesar de hoje limitarmos os investimentos a determinados aspectos de nossos negócios e operações, o que é crucial para enfrentarmos esta crise”, disse o diretor de Sustentabilidade, Gareth Joyce. “Como comunidade global, a necessidade de nos unirmos e encararmos uma pandemia que ameaça todos nós é mais importante agora do que nunca”.

Em 2019, a Delta operou seu primeiro ano completo com o Airbus 220, a mais nova aeronave de última geração da companhia, a qual apresenta a melhor eficiência de combustível da categoria. Atualmente, a substituição de aviões mais antigos tem o maior impacto nas emissões e no desempenho da Delta. As novas aeronaves são 25% mais econômicas por assento-milha do que os modelos que elas substituem. Depois que a COVID-19 nos fez a estacionar aviões, a empresa aposentou todas as frotas MD-88, MD-90, B777 e B737-700 e parte das frotas B767-300ER e A320 mais cedo do que o planejado, abrindo caminho para voos mais sustentáveis.

Além disso, a Delta operou nossos primeiros voos usando Combustível de Aviação Sustentável (SAF, na sigla em inglês) em 2019, levando quatro Airbus 330-900neos de Toulouse, na França, para Atlanta. Também foi feita uma parceria com a Airbus e a Air BP para garantir que as próximas 20 entregas do A321 que partirem de Mobile, no Alabama, para Atlanta, sejam neutras em carbono, o que será conseguido a partir de uma combinação e compensações SAF. No ano passado, recebemos as nove primeiras aeronaves nesse sistema. No total, 13 voos usaram aproximadamente 141.000 galões de SAF. E o combustível sustentável utilizado nas entregas do A321 resultaram numa redução de 83% no ciclo de vida das emissões em comparação com o combustível de aviação convencional.

FUNCIONÁRIOS

Nossas conquistas de 2019 foram possíveis graças ao trabalho diligente dos colaboradores da Delta em todo o mundo, que todos os dias prestam serviços de alto nível aos clientes. Em 2020, sua paixão brilha nas linhas de frente contra o vírus, à medida em que se empenham para manter as vias aéreas dos Estados Unidos abertas para viagens essenciais.

A cultura de retribuir da Delta serviu de conexão com as comunidades nas quais nossos funcionários vivem, trabalham e servem. O pessoal da companhia doa milhares de litros de sangue todos os anos, o que fez com que a Delta fosse nomeada o doador de sangue corporativo número 1 à Cruz Vermelha Americana em 2018, 2019 e 2020. A empresa também foi homenageada pela The Civic 50 pela Points of Light, a maior organização do mundo dedicada ao serviço voluntário, nos últimos três anos consecutivos.

Em 2019, pelo terceiro ano seguido, a Delta chegou à lista das 100 Melhores Empresas para Trabalhar da revista Fortune, sendo a única companhia aérea a integrar a seleção. A Delta também foi nomeada como Melhor Local de Trabalho para Diversidade, Mulheres e Millennials pela Fortune e pela consultoria global Great Places to Work.

CLIENTES

Os clientes sempre estiveram no centro de nossas decisões de negócios e isso continua sendo verdadeiro à medida em que a companhia aérea enfrenta a pandemia da COVID-19. O atendimento aos passageiros durante esse período inclui o procedimento de aspersão eletrostática para desinfectar toda aeronave antes de cada voo, a limpeza realizada extensivamente das áreas de alto contato e o bloqueio dos assentos do meio para dar mais espaço aos passageiros durante a viagem.

O Net Promoter Score (NPS) da Delta, um importante índice que afere a satisfação do cliente, atingiu um recorde em 2019. Nosso NPS cresceu mais de 10 pontos nos últimos cinco anos, uma vez que a empresa se concentrou na experiência e no atendimento ao cliente e na confiabilidade operacional.

A Delta ofereceu 84% dos voos pontualmente em toda a nossa rede em 2019 e alcançou um recorde de 281 dias sem cancelar voos principais. Isso incluiu 165 dias sem cancelamentos em toda a rede Delta (incluindo os parceiros regionais), uma melhora de 15% em relação a 2018.

Share