• Readequação da frota: A Delta está investindo na construção de uma frota mais simples e eficiente, com 25% a mais de eficiência por assento em todos os aviões atualizados. A empresa adquiriu mais de 300 novas aeronaves nos últimos cinco anos, resultando em uma melhoria de 5,3% na eficiência de combustível por milha disponível por assento. Além dessas entregas que representam mais de 25 por cento de sua frota, outros 25% de sua frota serão atualizados nos próximos cinco anos.
  • Combustíveis de aviação sustentáveis: A Delta está em parceria com indústrias inovadoras do setor para promover o desenvolvimento e a produção de combustíveis de aviação sustentáveis, incluindo seus recentes acordos com a Northwest Advanced Bio-Fuels e a Gevo. Em julho de 2019, a Delta realizou o primeiro dos 20 voos de entrega de aeronaves neutras em emissão de carbono da linha de montagem final da Airbus em Mobile, Alabama, utilizando combustível de aviação sustentável e compensações de carbono em coordenação com a Airbus e a Air BP.
  • Limitando emissões: A Delta se tornou a primeira e única companhia aérea dos Estados Unidos a limitar voluntariamente as emissões de gases de efeito estufa nos níveis de 2012, mesmo com um crescimento de 20%, através da compra e aposentadoria de mais de 16 milhões de compensações de carbono que são reduções de emissões verificadas.
  • Reciclagem e compostagem: Em 2007, a Delta foi uma das primeiras companhias aéreas norte-americanas a implementar um programa de reciclagem a bordo e doar todas as receitas provenientes desse programa para a Habitat for Humanity. Desde então, o projeto reciclou mais de 1,3 milhão de quilos de alumínio a partir de resíduos a bordo – equivalentes ao peso de sete Airbus 350s vazios – e financiou 12 residências do programa Habitat for Humanity. Em 2018, a Delta lançou um programa de compostagem para complementar seu antigo programa de reciclagem.
  • Redução de plásticos descartáveis: Em 2018, a Delta começou a substituir plásticos descartáveis ​​a bordo e nos Delta Sky Clubs para eliminar mais de 100.000 quilos em resíduos de plástico anualmente – o equivalente ao peso de quase três Airbus 321 vazios.
  • Engajamento dos funcionários: O grupo de recursos de negócios da Delta, Green Up, concentra-se em novas maneiras pelas quais a Delta e seu pessoal podem fazer a diferença na sustentabilidade ambiental, como impulsionar maneiras inovadoras de reduzir o desperdício em nossos campus corporativos. O trabalho do grupo para aumentar a visibilidade da sustentabilidade incluiu apoiar uma visita da conservacionista de renome mundial Jane Goodall à sede.
  • Engajamento do cliente: A Delta foi a primeira companhia aérea dos Estados Unidos a lançar uma calculadora de compensação de carbono em 2007 e, mais recentemente, introduziu uma calculadora atualizada para que os clientes se juntem à empresa para fazer uma diferença significativa para o nosso planeta investindo em um dos quatro projetos de compensação de carbono com impacto social. A Delta também fez parceria com contas corporativas para lidar com emissões e possui acordos de compensação de carbono com empresas como a Fundação Bill e Melinda Gates, Columbia Sportswear, Merck e UCB Biofarmaceuticals. Para causar um impacto verdadeiramente global, estamos trabalhando com nossos melhores parceiros para garantir que estamos fazendo o que é certo para o nosso planeta em todos os países.
  • Construção de parcerias e coalizões globais: A Delta fez uma contribuição multimilionária ao movimento Global Citizen para lidar com as mudanças climáticas, reduzir as desigualdades e acabar com a pobreza extrema até 2030, enquanto o CEO da Delta, Ed Bastian, tornou-se co-presidente da Coalizão do setor privado da Global Citizen que inclui os CEOs da Cisco, Verizon, Johnson & Johnson e P&G. A Delta está em parceria com a organização internacional de advocacia Global Citizen (Cidadão Global) no evento Global Goal Live: The Possible Dream, para ajudar a alcançar os “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável” das Nações Unidas, com foco em sustentabilidade, igualdade de gênero e capital humano.  aérea também estabeleceu seu Conselho Consultivo da Juventude em Sustentabilidade em 2018, composto por vários jovens campeões ambientais que ajudam a apoiar o trabalho de sustentabilidade da Delta.
  • Engajamento do governo: A Delta colabora ativamente com a FAA e a indústria para modernizar o sistema de controle de tráfego aéreo (ATC) por meio de fóruns como o Comitê Consultivo NextGen (NAC). Os esforços de modernização reduzem atrasos, mitigam o consumo de combustível e reduzem as emissões de carbono, diminuindo os voos e fornecendo rotas mais diretas. Segundo a FAA, o NextGen deve economizar 615 milhões de toneladas de CO2 entre 2020-2040.
  • Inovação: colaboradores da Delta são pioneiros na tecnologia que reduz as emissões de carbono todos os dias. O aplicativo Flight Weather Viewer fornece aos pilotos da Delta na cabine de voo uma seção visual do espaço aéreo em seus tablets para que eles possam tomar decisões mais assertivas sobre a mudança de altitude, resultando em uma redução nas emissões de carbono de até 88.000 toneladas por ano. Os primeiros sistemas de entretenimento sem fio a bordo dos aviões da Delta também reduzem as emissões ao eliminar cabos que representam cerca de um quilo de peso por assento.
  • Transparência: os relatórios atuais da Delta estão alinhados com as principais estruturas e padrões de divulgação, como o Global Reporting Initiative (GRI), SASB (Conselho de Normas de Contabilidade de Sustentabilidade), Força-Tarefa sobre Divulgações Financeiras Relacionadas ao Clima (TCFD), Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS) e CDP. A companhia continuará a se envolver com os investidores e colaboradores à medida que as melhores práticas de transparência evoluírem.
Share