Os colaboradores na linha de frente da Delta envolvem-se com a Sarcos para os usos possíveis no local de trabalho do primeiro exoesqueleto robótico de corpo inteiro, motorizado e sem corda. 

LAS VEGAS, 07 de janeiro de 2020 - A Delta Air Lines (NYSE: DAL) está, em parceria com a Sarcos Robotics, a explorar novas tecnologias para os colaboradores que cabem num fato de super-herói – um exoesqueleto móvel e ágil projetado para aumentar as capacidades físicas dos funcionários e aumentar a sua segurança. 

A Sarcos, líder mundial no desenvolvimento de exoesqueletos, criou o Sarcos Guardian XO, um exoesqueleto de corpo inteiro, alimentado a bateria, projetado para aumentar o desempenho e a resistência humana e ajudar a prevenir lesões. Este fato robótico, projetado para ser usados pelos colaboradores, faz o trabalho pesado. Ao descarregar 100% do peso, o exoesqueleto permite que um funcionário levante até 200 libras (90,72 quilos) repetidamente e até oito horas seguidas, sem tensão ou fadiga. 

"Devemos aos melhores funcionários das companhias aéreas do planeta a exploração de tecnologias emergentes capazes de tornar os seus trabalhos mais seguros e fáceis", disse Gareth Joyce, Vice-Presidente Sénior do Serviço ao Cliente & Carga do Aeroporto da Delta. "É por isso que avançámos para esta parceria com a Sarcos." 

A Delta é a primeira companhia cujos colaboradores na linha de frente trabalharam diretamente com a Sarcos para definir os possíveis usos operacionais do Guardian XO. Em novembro, as pessoas da Delta que representam o Serviço ao Cliente & Carga do Aeroporto visitaram a sede da Sarcos para vê-la em ação e explorar as formas como a robótica vestível poderia potencialmente beneficiá-los no seu trabalho diário. 

O Guardian XO foi projetado para o uso em indústrias onde é necessário levantar e manipular materiais pesados ​​ou objetos inabituais e não é facilmente manipulado por equipamentos-padrão de elevação. Os usos potenciais da Delta podem incluir o manuseamento de carga nos armazéns da Delta Cargo, a movimentação de componentes de manutenção na Delta TechOps ou a elevação de máquinas pesadas e peças para equipamentos de apoio em terra. 

Explorar o quanto as ferramentas e a tecnologia avançadas podem dar melhor suporte aos funcionários é uma das maneiras pelas quais a Delta visa melhorar a segurança no local de trabalho e aumentar a sua liderança no desempenho operacional para os clientes. 

Veja os colaboradores da Delta a explorar a tecnologia do exoesqueleto da SARCOS.  

A Delta planeia testar a tecnologia num local-piloto durante o primeiro trimestre de 2020, dando aos funcionários a oportunidade de experimentar a tecnologia num cenário real e fornecer opinião adicional sobre a sua funcionalidade. 

Além de conferir força sobre-humana por longos períodos, o fato robótico pode ainda nivelar o campo de ação em termos de capacidade física. Os papéis que têm estado historicamente limitados àqueles que atendem a requisitos de força específicos podem potencialmente ser desempenhados por um conjunto de talentos mais diversificado, graças à robótica vestível. 

Ben Wolff, CEO da Sarcos, adiantou: “Procuramos empresas que sejam claros líderes na adoção de tecnologia e tenham um histórico de inovação para responder às necessidades dos seus clientes e funcionários. A Delta é a opção natural no setor de aviação e provou ser um ótimo parceiro, pois trabalhámos para ajustar essa tecnologia para implantação comercial.” 

A Delta começou a colaborar com a Sarcos em 2018 como parte do seu "X-TAG", ou grupo de aconselhamento técnico em exoesqueletos, em representação do setor de aviação. Esse conselho inclui as BMW, Caterpillar, GE e outras empresas líderes numa variedade de setores, incluindo a indústria manufatureira, petróleo e gás, serviços públicos, logística, construção, automóvel, aviação e aeroespacial. 

Está na CES e quer ver o Guardian XO por si mesmo? Pare no stand da Delta (#14035) no Central Hall, onde os participantes podem ter uma experiência em primeira mão com esta tecnologia. 

Sobre a Delta Air Lines 

A Delta Air Lines (NYSE: DAL) é a companhia aérea líder mundial em produtos, serviços, inovação, confiança e experiência do cliente. Impulsionada pelos seus 80.000 colaboradores em todo o mundo, a Delta continua a investir milhares de milhões nas suas pessoas, melhorando a experiência de viagem aérea e gerando rendimentos líderes na indústria para os seus acionistas.  

Sediada em Atlanta, a Delta oferece mais de 5.000 voos diários e até 15.000 em voos afiliados, incluindo através da aliança SkyTeam, da qual é membro fundador. A companhia aérea serve cerca de 200 milhões de pessoas anualmente, levando os seus clientes a mais de 300 destinos em mais de 50 países.  

Nos últimos anos, a Delta tem liderado o setor das companhias aéreas na transformação da experiência do cliente, introduzindo o primeiro terminal biométrico ponto-a-ponto nos EUA, no aeroporto internacional de Atlanta, o rastreamento RFID de malas em tempo real e o check-in automático via aplicativo móvel Fly Delta, uma aliança que vai capacitar os clientes com uma experiência de conectividade integrada na cabinefaixas de triagem automatizadas que são mais eficientes e de alta tecnologia e um aplicativo inovador que ajuda os pilotos da Delta a evitar turbulência para um voo mais confortável. A companhia aérea global está igualmente a capacitar os seus colaboradores – a maior vantagem competitiva da Delta –, munindo-os de plataformas portáteis que permitem uma prestação de serviços personalizada e interações mais significativas – e não apenas transações – com os clientes. Tudo isso fez com que tenha sido nomeada uma das ‘Companhias Mais Inovadoras do Mundo’ em dois anos consecutivos e a Companhia Aérea Mais Admirada da Fortune em oito dos últimos nove anos. 

Em conjunto com os seus parceiros mundiais, opera hubs e mercados importantes em aeroportos nos Estados Unidos e por todo o mundo. Para saber mais sobre a Delta, visite Delta News Hub, delta.com ou @DeltaNewsHub no Twitter e no Facebook.com/delta.