A Delta Air Lines e a Takeda Pharmaceutical Company Limited (“Takeda”) firmaram um contrato de combustível de aviação sustentável (SAF) que tratará das emissões de carbono das viagens de negócios da empresa realizadas com a Delta. Por meio desse acerto, a Takeda se junta à crescente lista de clientes corporativos que fecham acordos para uso de SAF facilitados pela companhia aérea, representando o compromisso mútuo entre as duas empresas para reduzir as emissões. Tais parcerias impulsionam o investimento em SAF, gerando demanda da indústria e ampliando o mercado com o objetivo de diminuir a dependência que o setor aéreo tem em relação ao combustível convencional para aviação.

“Em 2020, a Takeda alcançou a neutralidade em carbono em nossa cadeia de valor, incluindo no segmento da aviação, o que é um marco significativo em nossa jornada de sustentabilidade”, disse a chefe de Reuniões Globais e Centro de Excelência de Viagens da Takeda, Michelle De Costa. “À medida em que avançamos nessa conquista em 2021 e além, a parceria com a Delta, que compartilha nosso compromisso com o meio ambiente, nos ajuda a atingir nossos objetivos de investir em um futuro mais equilibrado”.

Um ano depois que a Delta anunciou seu compromisso de 1 bilhão de dólares com a neutralidade de carbono, que começou a valer a partir de março de 2020, a empresa continua focada na redução e remoção desse elemento na atmosfera e no engajamento das partes interessadas para tornar suas operações mais ecologicamente viáveis. Assim, a colaboração com a Takeda enfatiza o significativo impacto ambiental positivo que pode ser alcançado por meio da colaboração sustentável.

Leia mais sobre a estratégia holística de sustentabilidade da Delta aqui.

“Ser uma companhia aérea comprometida com a descarbonização da aviação significa trabalhar em cooperação com nossos clientes para ajudá-los ar a lidar com suas emissões”, disse a diretora geral de Sustentabilidade da Delta, Amelia DeLuca. “Enquanto olhamos para um futuro em que viagens aéreas e sustentabilidade não sejam assuntos mutuamente excludentes, trabalhar e investir com nossos parceiros é um passo vital para chegar lá. Somos gratos por termos apoiadores como a Takeda, que está buscando soluções nesse sentido”.

Quando usado na forma pura, o SAF é um mecanismo extremamente importante para reduzir o ciclo de vida do carbono liberado pelo combustível de aviação em até 80 por cento em comparação com o combustível fóssil utilizado pelo setor. Por meio do contrato de fornecimento de SAF feito separadamente pela Delta com a Neste, a companhia aérea pode facilitar acordos de SAF como o da Takeda, de modo a oferecer soluções sustentáveis ​​em viagens aéreas para seus clientes corporativos.

A Neste está na vanguarda da produção de SAF há quase uma década e é o maior produtor mundial desse tipo de produto. O MY Sustainable Aviation Fuel da Neste é feito de resíduos renováveis ​​de origem sustentável e materiais residuais. É um combustível do tipo drop-in (biocombustível que mantém características semelhantes ao querosene de aviação*), que oferece uma maneira imediata de diminuir diretamente as emissões de gases de efeito estufa derivados da queima de combustível, não exigindo novos investimentos, modificações ou mudanças nos procedimentos de distribuição de combustível ou da própria aeronave.

Sobre a Delta Air Lines

De ser a primeira e única companhia aérea dos Estados Unidos a limitar voluntariamente as emissões de gases de efeito estufa aos níveis de 2012 ao compromisso assumido no ano passado de ser a primeira empresa de aviação neutra em carbono em todo o mundo, a Delta tem um compromisso de longa data com as viagens aéreas sustentáveis. Em 2020, a Delta foi considerada a companhia aérea número 1 entre as Empresas Mais Sustentáveis ​​da América pela Barron’s (uma importante publicação norte-americana da área de negócios*); a única companhia aérea norte-americana incluída no Anuário de Sustentabilidade S&P de 2021; e recebeu os prêmios Vision for America, da Keep America Beautiful (organização voltada à melhorias em comunidades dos Estados Unidos*), e o Superhero Corporate, concedido pela Captain Planet Foundation (organização que visa a engajar jovens na solução de problemas do planeta*). A Delta também conquistou um lugar de destaque no Índice FTSE4Good por seis anos consecutivos e no Índice Dow Jones de Sustentabilidade da América do Norte por dez anos seguidos. Para obter mais informações, visite Delta.com/sustentabilidade.

Sobre a Neste

A Neste (NESTE, Nasdaq Helsinki) cria soluções para combater as mudanças climáticas e acelerar a transformação para uma economia circular. A empresa refina resíduos e matérias-primas inovadoras, transformando-os em combustíveis renováveis ​​e matéria-prima sustentável para plásticos e outros materiais. Eles são os maiores produtores mundiais de diesel renovável e combustível de aviação sustentável, desenvolvendo reciclagem química para enfrentar o desafio da geração de lixo plástico. Com suas soluções renováveis ​​e circulares, a Neste visa a ajudar os clientes a reduzir as emissões de gases de efeito estufa em pelo menos 20 milhões de toneladas anuais até 2030. Como um refinador tecnologicamente avançado de produtos de petróleo de alta qualidade e com o compromisso de alcançar uma produção neutra em carbono até 2035, a companhia também está introduzindo matérias-primas renováveis ​​e recicladas, a exemplo de resíduos de plástico, como materiais para uso na própria refinaria. A Neste tem sido frequentemente incluída nos Índices Dow Jones de Sustentabilidade e na lista Global 100 das empresas mais sustentáveis ​​do mundo. Em 2020, a receita da Neste foi de 11,8 bilhões de euros, com 94 por cento do lucro operacional comparável da empresa vindo de produtos renováveis. Leia mais: neste.com.

Declarações Prospectivas

As declarações feitas neste comunicado que não são fatos históricos, incluindo declarações sobre nossas estimativas, expectativas, crenças, intenções, projeções, metas, aspirações, compromissos ou estratégias para o futuro devem ser consideradas “declarações prospectivas” nos termos da Lei de Valores Mobiliários de 1933, conforme alterado, da Lei da Bolsa de Valores de 1934, conforme alterado, e da Lei de Reforma de Litígios sobre Valores Privados de 1995. Tais declarações não são garantias ou resultados prometidos e não devem ser interpretados como tal. Todas as declarações prospectivas envolvem uma série de riscos e incertezas que podem fazer com que os resultados reais difiram materialmente das estimativas, expectativas, crenças, intenções, projeções, metas, aspirações, compromissos e estratégias refletidas ou sugeridas pelas declarações prospectivas. Esses riscos e incertezas incluem, mas não estão limitados, àqueles descritos em nossos arquivos junto à Comissão de Valores e Bolsa, incluídos em nosso Relatório Anual no Formulário 10-K para o ano fiscal encerrado em 31 de dezembro de 2020. Deve-se ter cuidado para não depositar confiança indevida em nossas declarações prospectivas, que representam nossos pontos de vista apenas na data deste comunicado, e que não assumimos nenhuma obrigação de atualizar, exceto na medida exigida por lei.

*Nota do editor.

Share